Em tempos de eleições municipais e reformas educacionais controversas, é muito importante que o tema da educação seja discutido e melhorias sejam cobradas. Sendo assim, nesse momento, é necessário também refletir e buscar novos conhecimentos sobre o tema, repensar os modelos vigentes até hoje e como estão impactando no desenvolvimento de #crianças e jovens. 

Modelos alternativos de aprendizado, estímulo ao pensamento crítico, mais autonomia para os alunos e maior inclusão da família no processo são fundamentais para o crescimento saudável do ser humano. São essas as discussões que os filme listados abaixo se propõem a construir.

1 - A #Educação está proibida (disponível no Netflix)

"A Educação Está Proibida” tornou-se um fenômeno único que viajou a oito países e documentou 45 experiências educativas não-convencionais. O filme mostra a história ainda não contada sobre a necessidade latente de novas formas de educação.

2 - Tarja Branca (disponível no Netflix)

Onde está nosso espírito lúdico? Qual o lugar do brincar nas nossas vidas? Os remédios tarja preta parecem ser a cura imediata para ansiedade, insegurança, medo e depressão. Mas o que aconteceria se colocássemos uma dose de tarja branca no nosso dia a dia? Por meio de reflexões de adultos de gerações, origens e profissões diferentes, TARJA BRANCA, dirigido por Cacau Rhoden e produzido pela Maria Farinha Filmes, explora o conceito de "espírito lúdico", tão fundamental à natureza humana, e sobre como o ser humano contemporâneo se relaciona com ele.

3 - Quando sinto que já sei 

O documentário “Quando sinto que já sei” registra práticas educacionais inovadoras que estão ocorrendo pelo Brasil. A obra reúne depoimentos de pais, alunos, educadores e profissionais de diversas áreas sobre a necessidade de mudanças no tradicional modelo de escola. Projeto independente, o filme partiu de questionamentos em relação à escola convencional, da percepção de que valores importantes da formação humana estavam sendo deixados fora da sala de aula. Durante dois anos, os realizadores visitaram iniciativas em oito cidades brasileiras – projetos que estão criando novas abordagens e caminhos para uma educação mais próxima da participação cidadã, da autonomia e da afetividade.

4 - Sementes do nosso quintal

O filme retrata o cotidiano de uma escola de educação infantil sem precedentes que, através do pensamento-em-ação de sua idealizadora, a controversa e carismática educadora Therezita Pagani, nos revela o potencial estruturante da educação infantil verdadeira, firme e sensível. O documentário nos leva a uma escola onde a criança está acima de métodos e fórmulas de se educar. Onde natureza, música, arte, conflitos, magia e cultura popular regem o encontro das crianças, que convivem diariamente entre diferentes faixas etárias. "Sementes do Nosso Quintal" é, antes de tudo, um filme que trata da vida de todos nós, através de uma escola. #Cinema