O sonho de muitos jovens e de muitos adultos é passar no vestibular ou em algum concurso público, não é mesmo? Eles querem entrar em uma faculdade renomada, querem estabilidade. Porém, não são todos que conseguem se sair muito bem nas provas, muitas vezes por falta de tranquilidade na hora de realizar o exame ou uma dificuldade em organizar a rotina de estudos. 

Com a proximidade das temidas provas nessa época do ano, muitos alunos ficam afobados e ansiosos, por isso acabam cometendo o erro de estudar por horas seguidas sem uma pausa. Caem no pecado de achar que a estratégia de estudo seguido e ininterrupto vai adiantar. Essa atitude desesperada não é muito inteligente e acaba atrapalhando a absorção do conhecimento e o lado psicológico fica abalado.

Tenha uma estratégia elaborada e estude com tranquilidade

Muitas vezes o problema é a falta de uma estratégia na hora de estudar. É importante criar um esquema de estudo que tenha a ver com você. Cada pessoa tem seu método de aprendizado, lendo e fazendo resumos, reproduzindo a matéria com suas próprias palavras, resolvendo exercícios, assistindo vídeo aulas, etc. É bom descobrir qual a melhor maneira que você absorve o conteúdo, assim você conseguirá ter uma melhor qualidade no estudo.

Durma bem e pratique #Atividades Físicas. Você não estará perdendo horas de estudo, mas adquirindo qualidade no aprendizado. 

Dormir bem é primordial para quem está nessa fase de #Vestibular/concurso e precisa memorizar muito conteúdo. Durante o sono nosso cérebro armazena todas as memórias diárias e recarrega toda nossa energia. Se você deixa de dormir para continuar estudando, pode parar. Não dormir só irá prejudicar seu aprendizado e memorização, ainda o deixará com aquela sensação de cansaço, prejudicando o seu dia, tornando esse acúmulo de horas não dormidas em uma “bola de neve”.

Praticar atividades físicas só traz benefícios para a saúde, disso todos já sabem, mas um estudo da Universidade de Ohio nos Estados Unidos comprovou que quem pratica exercícios aeróbios com frequência tem uma capacidade melhor na absorção de informação, além de ter o raciocínio mais rápido que o de uma pessoa sedentária.

Os benefícios não param por aí. A prática de exercícios preservam os novos neurônios que nascem diariamente no nosso cérebro. Ou seja: ande, corra, nade, pedale. Não será tempo perdido nos seus esforços diários para conquistar a tão sonhada vaga na universidade. 

Após todas essas dicas bacanas, boa prova! #Conscursos