A preocupação com o Enem era muito presente diante das escolas que estavam ocupadas e poderiam atrapalhar o processo, mas não foi isso que aconteceu, segundo a secretária-executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães.

Segundo ela, o primeiro dia foi muito bom e o exame Nacional do Ensino Médio foi realizado em 166.071 lugares para 8.356.215 estudantes arrolados, mas ainda não foi informado se houve muitas faltas. Ainda não foi divulgado um balaço geral justamente pelo fato do processo não ter sido concluído, acabando neste domingo, com a realização da redação. 

Por estar correndo tudo bem, os alunos ficam mais tranquilos para concluir a #Prova que contou desta vez com cinco horas e meia para responder a 45 perguntas de matemática, 45 questões de linguagens  e a prova de redação. Aliás, a redação causa sempre mais expectativa.

Olhando por este lado, da harmonia e esquema de segurança das provas, este ano foi muito melhor que todos os outros anos.

Falando da ocupação

Escolas em que aconteceriam as provas estão ocupadas por manifestantes, e por isso estudantes que teriam que fazer o #ENEM nesses colégios terão que se organizar para novas datas: dias 3 e 4 de dezembro.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o INEP, ainda não publicou os valores que irão custar esta próxima prova, mas junto ao MEC garantiu que tudo estará pronto até lá.

Para localizar 

Nos meses de novembro e dezembro – os portões serão abertos às 12h e se fecham às 13h. O início do exame é às 13h30. Como nos anos anteriores, o primeiro dia dura 4 horas e 30 minutos e o segundo, 5 horas e 30 minutos.

Neste site está disponível tudo que os avaliados precisam saber para chegar com segurança aos lugares certos: enem.inep.gov.br/participante.

Da mesma forma que está sendo feita esse final de semana, se pretende ser feito nos dias 3 e 4 de dezembro. Até mesmo a ordem das provas. E se conta ainda que esta tranquilidade esteja presente no próximo mês também. Ressaltando que ainda não se tem o índice de abstenção desta prova. #2016