Aproximadamente 30 minutos após o início da prova nesse segundo dia de #ENEM, o MEC divulgou o tema da redação de 2016. O anúncio foi feito em suas páginas oficiais do Facebook e do Twitter: “E o tema da #redação é: ‘Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil’”.

Com isso, é esperado que milhões de alunos hoje dissertem sobre as maneiras de combater a intolerância religiosa, um assunto que precisa urgentemente ser discutido no país.

As reações nos comentários da postagem do MEC foram diversas. Tyciane Carvalho disse: "Excelente! Quanto ao MEC meus parabéns por abordar temas tão necessários para sociedade!”. Já a professora Erica Renata, muçulmana, ao que parece, acertou em cheio sobre o tema da redação: “Bingoooo! Coração na mão e cheio de alegria por saber que meus alunos tiveram esse tema desenvolvido em sala de aula e dentro das dicas de probabilidade. AMEEEEEIIIII a temática que é urgente e extremamente necessária em tempos de tanto ódio sendo destilado e instigado na sociedade.”

Ano passado, o tema da redação foi “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira” e também foi bastante elogiado. Já em 2014, o tema foi “Publicidade infantil em questão no Brasil”. Com o tema desse ano, o ENEM mostra que os temas das redações estão cada vez mais atuais e reflexivos.

A prova de redação é um dos momentos mais temidos do ENEM, já que é a única parte discursiva do exame e também a única em que o candidato é passível de tirar nota máxima. Ela pode “derrubar” um bom candidato se não for bem feita, e ele também pode “zerar” na nota.

Além da redação, os candidatos hoje também fazem a prova de "Linguagens, Códigos e suas Tecnologias", e "Matemática e suas Tecnologias".

O tempo para fazer cada questão e ainda por cima um texto é uma das principais dificuldades apontada pelos candidatos do ENEM.

Loise Katarine viu seu post no Facebook viralizar nas redes de ontem para hoje ao apontar o pouco tempo que se tem para fazer uma prova tão complicada em um país cujo Ensino Médio, segundo ela, “não abrange” essas questões. Confira o post da garota na íntegra:

 

#Educação