Olá internauta.

Segue abaixo uma vídeo #Aula de história. Nela está sendo abordada a importância do estudo da #História. Além disso, a aula explica como ela é feita, mostrando quais são suas fontes, quem são os sujeitos, como ela lida com o tempo e como é a sua divisão clássica, muito útil para quem precisa se preparar para uma prova, montar uma aula ou mesmo matar a curiosidade.

A história é a ciência que estuda a ação do homem e suas realizações no tempo e no espaço. Por meio dela pode-se conhecer como a humanidade se desenvolveu e de que forma nos tornamos o que somos. Trata-se de uma importante área do conhecimento por contribuir com a formação do senso crítico de um cidadão independente e atuante.

Heródoto, que viveu na Grécia Antiga, é considerado o "pai da história". Ao cobrir parte das guerras entre gregos e persas, ele utilizou-se de métodos de análise fugindo do conhecimento mítico. Desde então os métodos vêm sendo aprimorados para a produção de um conhecimento seguro.

As fontes são importantíssimas para a produção do saber histórico. Elas fornecem vestígios e informações sobre o passado. Por muito tempo acreditou-se que apenas documentos escritos poderiam fornecer informações seguras. Hoje, tudo que faz parte da sociedade e do cotidiano pode ser considerado como fonte, desde um talher doméstico até obras de arte e grandes construções.

O conhecimento histórico foi por muito tempo desprezado, pois não nos identificávamos com ele. A história só se tratava de reis, governantes e personalidades. As pessoas comuns não tinham voz e ficavam à margem da produção histórica. Isso vem mudando. Hoje todos são sujeitos históricos, mesmo sendo anônimos.

Para facilitar o estudo da história, uma divisão clássica foi elaborada. Foram estabelecidos marcos que modificaram totalmente as sociedades produzindo novos períodos com características diferentes do anterior. Essa divisão se baseia em critérios ocidentais.

Com base nisso, a história ficou dividida da seguinte forma:

Pré-história - do surgimento da humanidade até a invenção da escrita;

História Antiga - do surgimento da escrita até a queda do Império Romano do Ocidente em 476 d.C;

História Medieval - de 476 d.C. até a queda de Constantinopla, no Império Bizantino, em 1453;

História Moderna - de 1453 até o início da Revolução Francesa, em 1789;

e Idade Contemporânea - de 1789 até a atualidade.

Cabe ressaltar que a história não é uma ciência exata. Ela é sujeita a interpretações e interferências ideológicas de quem a escreve. Por isso, é muito importante a análise profunda e a consulta à diversas abordagens quando se quer entender um fato ou acontecimento. #Video Aula