Falar mais de uma língua no #Mundo globalizado em que vivemos é útil de verdade. Todos sabem dos inúmeros benefícios para a comunicação: facilita interações online, viagens, empregos, permite conhecer novas pessoas e se comunicar em mais lugares do mundo sem a ajuda de outra pessoa.

O que pouca gente imagina e a ciência vem provando recentemente é que saber falar outra língua te deixa mais inteligente. As informações são do New York Times.

Muita gente acha que o que acontece é justamente o contrário: uma pessoa que é inteligente consegue aprender e falar outra língua. É certo que as pessoas tem habilidades diferentes, assim como diferentes acessos à #Educação, e uma pode aprender mais rápido do que a outra; mas não é esse o ponto: é justamente o fato de ser bilíngue que torna os dois tipos de pessoa mais inteligentes.

Publicidade
Publicidade

O bilinguismo também se mostrou efetivo quando o assunto é aumentar as habilidades cognitivas, mesmo as não relacionadas com linguagem e também protege contra a demência e os sintomas de Alzheimer, quando em idade avançada.

Os bilíngues também se mostram mais aptos a resolverem problemas complexos e enigmas, com mais facilidade do que os que só falam uma língua. E tem mais: os benefícios afetam tanto crianças quanto adultos; então quanto antes o indivíduo começa a aprender, melhor.

É o caso, por exemplo, de filhos com pais de nacionalidades diferentes, que se forçam a falar, naturalmente, nas duas línguas, todos os dias. O cérebro fica “treinado” para usar seus dois lados e com isso, as habilidades cognitivas da pessoa se desenvolvem muito mais.

No entanto, se a pessoa decide aprender outra língua já depois de adulta, os resultados virão da mesma forma, se ela treinar o idioma e passar a utilizá-lo.

Publicidade

Segundo o pesquisador Albert Costa, da Universidade Pompeu Fabra, na Espanha, essa troca que o individuo bilíngue faz, entre um idioma e outro, requer dele a atenção e o monitoramento do que se passa ao seu redor. É parecido com o que o motorista faz enquanto dirige.

Ninguém nunca duvidou do poder da linguagem, mas quem poderia imaginar tantos benefícios extras, não é mesmo? #Viagem