Para alívio dos candidatos, que aguardavam ansiosamente para tentar conquistar vaga em uma universidade pública do país, o Instituto Nacional de #Educação e Pesquisa - Inep, resolveu antecipar para hoje, dia 18 de janeiro de 2017, a divulgação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio/2016.

Os candidatos já podem ter acesso aos resultados individuais de todas as provas realizadas, muito embora o site do Inep esteja com problemas técnicos para consulta do resultado. Outra opção possível é conferir pelo site do #ENEM, sendo necessário as informações pessoais e senha de acesso. Caso o candidato tenha problemas com sua senha de acesso, poderá solicitar outra pelo próprio site do Enem.

Publicidade
Publicidade

Ao todo, foram realizadas 4 provas objetivas: Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, além da prova de Redação. A prova de redação sempre gera grande expectativa, tendo em vista os temas cobrados para avaliar o nível de conhecimento do candidato sobre temas que afetam a sociedade de um modo geral.

Com uma boa nota no exame, os candidatos concorrem primeiramente a uma vaga pelo sistema do Sisu - Sistema de Seleção Unificado. Neste, é possível pleitear uma graduação nas universidades ou institutos federais. Outra possibilidade é tentar pelo Prouni - Programa #universidade para Todos, que oferece bolsas de estudo de até 100% em universidades privadas. Neste caso, tanto a situação socioeconômica, como a nota do Enem, são considerados no processo de seleção.

Mudanças no processo

Em meio a crise financeira, o processo de realização das provas do Enem/2017 deverá sofrer alterações no intuito de gastar menos recursos.

Publicidade

Esta é uma iniciativa do Ministério da Educação ao disponibilizar um link de acesso público para envio de sugestões, que serão posteriormente analisadas.

O Enem 2016 sofreu denúncias de fraude e foi alvo de bastante questionamentos quanto à lisura do processo. Alguns casos foram comprovadamente registrados pela polícia e os responsáveis respondem judicialmente pelas fraudes.