Escutar da professora de seu filho que ele é desatento, bagunceiro e desrespeitoso não é nada fácil de aceitar, não é mesmo?

Alguns pais confiam tão fortemente no bom comportamento de seus filhos e os acham tão especiais e raros que partem para as vias de fato com os educadores que dizem o contrário.

Violência não é o caminho, mas também não é incomum ler na mídia ou assistir vídeos de alunos batendo em seus professores por terem recebido notas baixas, não aceitarem os alimentos da cantina ou outros motivos fúteis.

Mas estas seriam razões para permitir que os professores usassem câmeras em seus uniformes?

É uma pergunta que ingleses fizeram para pais e professores e receberam a incrível resposta que mais de um terço deles apoiavam o uso dos vídeos, seja para assegurar a integridade dos professores ou para produzir provas sobre situações que exijam a interferência dos pais.

Publicidade
Publicidade

Basicamente as câmeras seriam instaladas nas camisas dos professores e transmitiriam todas as imagens, mas somente quando ele selecionasse a opção de gravar é que as imagens seriam armazenadas e poderiam ser utilizadas. Para esta ação, os alunos envolvidos nas imagens precisariam ser formalmente notificados de que elas seriam gravadas.

Duas escolas iniciaram o teste com a autorização de todos os pais, mas a polêmica em torno do BBB das escolas é que tais medidas aproximariam a forma como as escolas são administradas com a de prisões e instituições de correção.

Pais, sindicatos e pesquisadores contrários às câmeras em sala de aula são categóricos ao afirmar que o controle e equilíbrio da ordem fazem parte dos ensinamentos dos professores e também precisam ser compreendidos pelos alunos, e que o uso das câmeras criaria apenas um condicionamento.

Publicidade

Para os professores que aprovam o BBB das escolas, a ferramenta é válida pois poderia ser utilizada para notificar os pais sobre os comportamentos dos seus filhos e inibiriam a persistência de determinados alunos desobedientes.

A tecnologia é a mesma utilizada por alguns policiais, guardas de fronteiras e até médicos no exercícios de suas funções e também enfrenta uma barreira sobre a privacidade, direitos de imagens e possíveis vazamentos de vídeos que poderiam ter consequências terríveis para a escola e principalmente para os alunos.

Então a pergunta de ouro é: Ter uma câmera de segurança nas salas de aula pode realmente ajudar no processo de #Educação e dar mais segurança para alunos, pais e professores?

Deixe sua opinião! #professor #BBB Big Brother Brasil