Uma das coisas mais frustrantes em toda a sua vida educacional é você estudar um assunto inteiro, perder horas de lazer, e quando vai colocar todo o ensinamento em prática, dá aquele branco, não lembra nem do seu nome. Não se sinta a última bolacha do pacote nessa situação, porque qualquer estudante que se preze já sofreu essa amarga experiência.

O QUE É SPACED REPETITION

O cérebro é algo maravilhoso, ele constantemente categoriza as informações que você não usa com freqüência e joga na caixa do esquecimento para não acumular espaço.

A spaced repetition é basicamente uma técnica de aprendizagem que intervala, de uma maneira gradual, revisões sobre determinados assuntos que foram estudados, mantendo-as frescas na memória.

Publicidade
Publicidade

Ou seja, é um método que sinaliza que você está usando o conteúdo, antes que o cérebro jogue-o na caixa e faça você esquecê-lo.

O Spaced repetition (Tradução livre: Repetições espaçadas) foi mostrado pela primeira vez no livro Psychology of Study do Filosofo C. A. Mace, em 1932; testada em 1939 por H. F. Spitzer, quando usaram 3600 estudantes usando essa técnica, confirmando sua eficácia; Efetivada, em 1960, quando um grupo de psicólogos percebeu que poderiam usá-la para melhorar a memória e com o passar do tempo começou a ganhar espaço em salas de aprendizagem de línguas .

COMO FUNCIONA O SPACED REPETITION

A ferramenta principal dessa incrível maquina da lembrança são os flashcards. Os flashcards são cartões de informações sucintas, em um lado você coloca a questão e no outro a resposta.

Publicidade

Além disso, você precisa guardar esses cartões em diferentes baralhos

, dependendo do tempo que você possui e dificuldade de memorizar cada informação. Com o exemplo pode se tornar mais claro.

Joaquina está estudando para concurso público e precisa lembrar-se das Leis da Constituição Brasileira, enquanto ainda valem alguma coisa. Através desse método, ela escreveu em todos os cartões o nome da lei e atrás o que exige. Também dividiu os cartões em quatro baralhos diferentes, classificando-os em grau de dificuldade. O primeiro baralho é o mais difícil de relembrar e ela precisa dedicar um pouco mais de tempo nele, checando-o diariamente. O segundo baralho é mediano e precisa ser revisto em dias intervalados, o terceiro em três dias e sucessivamente. Com o passar do tempo, os cartões do primeiro baralho estão ficando mais fáceis e ela transfere eles para o segundo ou para o terceiro. Porém, em alguns casos, outros cartões do quarto baralho ela esquece e precisa colocar eles no terceiro novamente.

Publicidade

Isso é um exemplo de como usar a técnica spaced repetiition para aprender algo, porém o nível de complexidade pode variar dependendo da sua criatividade. Lembrando que a quantidade de baralhos e o tempo para revisá-los são fictícios.

AVANÇOS DO MÉTODO

Agora que você já sabe o que é e como funciona o spaced repetititon, pode está passando pela sua cabeça que essa técnica é bem velha e demanda muito tempo para preparar todos os cartões. Pessoas já pensaram como você e desenvolveram ferramentas tecnológicas para potencializar a técnica.

O anki é um SRS (Spaced Repetition Software) produzido por Damien Elmes bem famoso em salas de aula do mundo inteiro. É exatamente como o uso de flashcards, mas ele impulsiona e amplia o uso delas, colocando imagens, sons e links. Coloca lembretes periódicos, cronometrados e precisos para que você não esqueça.

O spaced repetition não substitui a aprendizagem, primeiro você precisa aprender e compreender o assunto, depois usar o método para não esquecer. #Spacedrepetition #Educação #Tecnologia