O ministro da #Educação, Mendonça Filho, e Maria Inês Fini, presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), comunicaram em coletiva, nesta quinta-feira, 9, as mudanças que serão usadas no #ENEM a partir deste ano.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é realizado pelo Ministério da Educação do Brasil, e possui suma importância para os estudantes do país. Desde 2009, a prova substitui o antigo vestibular e o seu resultado serve para acesso ao ensino superior. Até o ano passado, 2016, as provas eram aplicadas em um único final de semana. No sábado, os participantes as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias e no domingo, as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.

Publicidade
Publicidade

A partir deste ano, as provas do Enem serão aplicadas em dois domingos seguidos, são eles nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro domingo, o participante terá 5 horas e meia para responder as questões de Linguagens, Ciências Humanas e fazer a Redação. No segundo domingo, a prova terá duração de 4 horas e meia para responderem as questões de Matemática e Ciências da Natureza.

Por serem aplicadas no domingo, os sabatistas farão a prova normalmente. Sabatistas são aqueles que celebram e guardam o sábado, por isso, na versão anterior do Enem, eles chegavam no horário de prova junto com os demais participantes e esperavam até as 19h do sábado para iniciar a prova. Além disso, o Enem não certificará mais para o ensino médio, essa função voltará a ser do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Publicidade

As mudanças são resultados da consulta pública realizada no início do ano pelo Inep e agradaram os candidatos, pois terão 6 dias de intervalo entre as provas para descansar. Vale lembrar para quem vai fazer o #ENEM 2017, que o edital será publicado em 10 de abril, as inscrições poderão ser feitas entre 8 e 19 de maio e quem necessita de atendimento especial e tempo adicional para responder as provas deve solicitá-lo no ato da inscrição.