É verdade que nós brasileiros somos muito rigorosos com idiomas e qualquer sotaque do português que a pessoa tenha ao falar outra língua é bastante criticado. Isso é um pouco de exagero, visto que a maioria dos estrangeiros ao falar um outro idioma possui sotaque da sua língua materna, inclusive muito mais forte que nós com o português, e mesmo assim falam sem medo. Você não precisa se preocupar tanto, basta que consiga se comunicar e se fazer entender à pessoa com quem estará conversando.

Mesmo assim, não custa nos esforçarmos para tentar aprender o máximo possível sobre termos do idioma, pronúncia e enfim, ficarmos fluentes, mesmo que no fim das contas ainda tenhamos um pouco de sotaque.

Publicidade
Publicidade

Para ajudar com isso, você encontra abaixo 5 erros comuns que os brasileiros cometem ao falar #inglês, para que possa se policiar e não cometê-los mais.

1 - Não querer pronunciar o "TH" corretamente

O "Th" em inglês tem seu som (que inclusive pode variar conforme a palavra) e deve ser pronunciado corretamente. Em geral, ele é pronunciado com a língua entre os dentes, como se você tivesse a língua presa. Você não precisa ter vergonha de pronunciá-lo corretamente e acabar pronunciando dependendo da palavra, apenas um som de "D, ou "T", por exemplo.

2 - Fazer nosso som nasalado do português ou mudar o som das letras

É importante que entenda que não são todos idiomas que possuem o som nasalado e o inglês é um deles, portanto, quando houver palavras em inglês como por exemplo "mom", "noon" e "bowl", a última letra deve ser pronunciada certinha e não como pronunciaríamos "marrom", como se o "M" nem tivesse som.

Publicidade

Além de que o "L" não poderá ser trocado por um som de "U" como fazemos em "papel", por exemplo, em português.

3 - Querer usar um "portuglês" e acabar cometendo gafes

Saiba que no inglês há muitas palavras completamente diferentes do português, além de haver palavras que são iguais ou parecidas com o nosso idioma, mas com significado totalmente diferente. Temos como exemplo "principal" que não significa "principal" em português, mas sim "diretor", ou mesmo "pretend" que não significa "pretender", mas sim "fingir". Be careful!

4 - Confundir palavras parecidas em inglês

Lembre-se que "chicken" é "galinha" e "kitchen" é "cozinha". E atente para as palavras que mudam minimamente sua pronúncia e parecem ser pronunciadas da mesma maneira, como "bitch" e "beach", "man" e "men", "sheet" e "shit", e por aí vai. Estude a fonética das letras nas palavras pra que saiba como não cometer erros de pronúncia e estar cometendo gafes sem mesmo se dar conta.

5 - Traduzir as frases do português para o inglês ao pé da letra

Sim, há frases que podem ser traduzidas quase que 100% ao pé da letra e farão sentido, porém mesmo nestas, saiba que a estrutura poderá ser diferente.

Publicidade

Além disso há muitas expressões e frases em inglês que se traduzirmos para o português ficam sem sentido e nunca conseguiríamos chegar nesse resultado traduzindo do português palavra por palavra. É o caso de "how are you doing?" que em inglês quer dizer "você vai você" mas se traduzirmos ao pé da letra seria "como está você fazendo?". Entende?

Estes são alguns dos erros que nós brasileiros cometemos ao falar inglês, fique atento para não repeti-los e compartilhe com seus amigos para que eles também possam aprender a língua inglesa corretamente. #Intercâmbio