As festas juninas, assim como outras datas comemorativas presentes no calendário brasileiro, costumam ganhar bastante espaço na rotina das escolas durante o mês de junho, sobretudo naquelas que trabalham com crianças.

São ensaios exaustivos que, infelizmente, na maioria das vezes, têm o tom de obrigatoriedade, quando deveria ser de ludicidade e aprendizado para as crianças. Há também a questão do viés religioso que merece atenção e cuidado.

É preciso pensar no significado e nos objetivos que se pretende alcançar ao realizar os festejos, procurando incluir a equipe pedagógica, as famílias e também as crianças na preparação do evento, de forma que não se reproduzam práticas excludentes e impositivas.

Uma possibilidade interessante seria aproveitar a riqueza cultural brasileira e realizar uma Mostra Cultural a partir de vários focos temáticos.

Publicidade
Publicidade

Algumas sugestões de atividades dentro da Mostra Cultural

Dança - Realizar junto com as crianças uma pesquisa sobre os diversos tipos de danças tradicionais da região. Consultar as crianças sobre o desejo de aprender a dançar e se apresentar. Realizar ensaios curtos e animados. Também é possível convidar grupos de dança do entorno para apresentar-se na #Escola, contribuindo assim para que a escola possa conhecer e interagir com a comunidade.

Comidas típicas – As famílias podem ser convidadas a apresentar receitas da tradição familiar e partilhá-las em dia específico. Outra possibilidade é produzir os pratos no próprio espaço da escola em dias alternados.

Brincadeiras populares – Pesquisar brincadeiras ou brinquedos populares da infância das famílias e convidar para vivenciá-las ou construir os brinquedos em oficinas no dia da mostra cultural

Personagens típicos – Realizar desfiles com as crianças com trajes de personagens típicos como rendeira, baiana, jangadeiro.

Publicidade

Estudar sobre estes personagens, buscar vídeos ou histórias. Se possível, convidar um destes personagens para participar da Mostra.

Histórias contadas – Convidar as famílias ou crianças da escola para contar histórias do universo popular valorizando a oralidade e o ato de contar histórias para os filhos.

Artesanato – Realizar oficinas produzindo com as crianças peças de artesanato que podem ser ministradas por familiares ou pessoas da comunidade local.

Estas e outras atividades podem ser realizadas ao longo de um ou dois meses de trabalho, em vários momentos da rotina e com os vários segmentos da escola e da comunidade local. #professor #prática educativa