Aprender uma nova língua hoje em dia se torna essencial para muitos por diversos motivos. Trabalho, estudos, viagens, lazer, ou até mesmo para pequenas traduções diárias que ajudam bastante nas nossas tarefas rotineiras.

Porém, às vezes a falta de tempo, disposição ou dinheiro levam muitos a desistir. Mas não precisa ser assim. As dicas a seguir são de grande importância para adquirir habilidades como traduzir, falar e escrever em outras línguas, sem esforço exorbitante e através de passos extremamente simples que estão ao alcance de qualquer pessoa. #idiomas #técnicas para aprender

  • Assistir a filmes, vídeos e qualquer outro tipo de conteúdo audiovisual legendado com frequência - o hábito de assistir conteúdo legendado faz com que você associe a fala do intérprete com as palavras que constam nas legendas, tornando mais fácil a adaptação com a língua e a identificação (e consequente melhora) da pronúncia correta.
  • Praticar o idioma (mesmo que errando na pronúncia) - como toda e qualquer atividade, praticar é essencial para chegar a um nível de conhecimento eficaz. Uma ótima opção hoje em dia é conversar com nativos, coisa que se tornou muito mais fácil com a chegada das plataformas de ensino e redes sociais especializadas em #aprendizado de novas linguagens (algumas gratuitas) espalhadas pelo mundo virtual.
  • Encarar grandes desafios - Para aprender um novo idioma é necessário encarar desafios e vencê-los pouco a pouco, como ler artigos totalmente redigidos em determinado idioma e tentar traduzí-los, exercitar bastante a capacidade de identificar as palavras e transcrevê-las para outro idioma, e estudar pronúncia, escrita e conversação sempre que possível.
  • E por fim... Foco! - Para todo e qualquer objetivo na vida é necessário ter foco e determinação, e para esta tarefa não é diferente. Procurar artigos em línguas diferentes, filmes e vídeos legendados (conforme o progresso, pode-se até arriscar a exclusão das legendas), exercitar sempre que possível e até mesmo criar uma planilha ou anotação referente a um plano de estudos por conta própria favorece (e muito) o aprendizado. Lembrando que o aprendizado, em todos os casos, se inicia no nascimento e vai até a morte, então, dar o primeiro passo é essencial. Com a evolução atual isso se torna mais que necessário, torna-se primordial. Então, tendo perseverança, insistência e foco, aprender um novo idioma será tão simples quanto se imagina.