A Copa do Mundo desse ano tem trazido muito orgulho a muitos brasileiros, mas também muita revolta a outros. Desde a abertura da Copa já vem acontecendo vários protestos em várias cidades do Brasil. Uma coisa que vem intrigando muita gente.

Qual o motivo de tantos protestos? Eis aqui o motivo, a população brasileira não está satisfeita com os gastos feitos para construção e reforma dos estádios para a Copa do Mundo 2014. Para sediar a Copa do Mundo, a FIFA exige que os estádios sejam modernizados e para isso 25,6 bilhões de reais foram gastos em obras nos estádios e infra-estrutura . Desse valor 83,6% saíram dos cofres públicos, sendo que apenas 4,2 bilhões de reais são de iniciativa privada.

Publicidade
Publicidade

Os manifestantes protestam contra esse gasto absurdo, pois não concordam que esse dinheiro seja desperdiçado com a Copa enquanto os hospitais e a educação no Brasil vão de mal a pior. A Copa não é o pivô das manifestações e revolta da população, mas certamente não adianta ser o país do futebol, se a educação e a saúde estão um caos. Os manifestantes também pedem moradia e o fim da corrupção.

Outro motivo que tem revoltado muitos brasileiros é o fato de tantas famílias de classe econômica desfavorecida terem sido removidas de suas residências para abrir lugar para as obras urbanas. Em lugares como o Rio de Janeiro a maneira que muitas famílias foram tiradas de suas residências foi polêmica e muitas vezes ilegal. Há vários casos em que famílias tiveram suas casas demolidas sem que essas pessoas tivessem para onde ir, o que segundo a relatora da ONU para moradia adequada, Professora Raquel Rolnik esse fato vai totalmente contra as leis dos direitos humanos." Queremos escolas e hospitais padrão FIFA" essa frase vem impactando os protestos.

Publicidade

Muitas outras frases vistas em cartazes mostram a insatisfação e revolta da população. Muitas obras que foram feitas não foram planejadas para serem aproveitadas depois da Copa do Mundo, sendo assim um desperdício sem tamanho. A Copa do Mundo tem seus pontos positivos mas infelizmente não são suficientes para amenizar e justificar os os problemas que a população vem enfrentando, e diante desses problemas a Copa do Mundo 2014 no Brasil se tornou pequena demais e insignificante. O Brasil precisa deixar de querer ser conhecido pelo futebol e se preocupar com coisas mais importantes, como a saúde e a educação, pois esse sim seria o maior orgulho dos brasileiros.