A Copa, que deveria ser de bons lucros para um certo segmento, virou um pesadelo em Porto Alegre. O Sintapa que o diga. Apesar das exigências de uniformes azuis e máquinas de cartões de crédito, muitos torcedores já vieram ao país preparados. Isto é: as agências já cederam até o translado para o estádio Beira-Rio. E os hotéis também fizeram sua parte, com promoções atraentes, fazendo com que as imobiliárias percam clientes garantidos durante o Mundial.

De acordo com ambas as partes, a FIFA interviu nos preços oferecidos nos serviços citados. No caso das imobiliárias, um aluguel de imóvel que custaria 60.000,00 durante a temporada (isso um apartamento na frente de um estádio),foi imposto pela Federação por apenas 2.000,00. Isso cortou de vez os inflacionários e obrigou várias empresas a demitirem corretores formados com anos de experiência.

Publicidade
Publicidade

Por outro lado como foi visto no jogo da seleção da Argentina, a punhalada foi ainda pior: muitos torcedores vieram de Motor-Homes e Trailers, não sendo necessário assim o gasto com hotéis. Porém a situação piorou com o espaço: não havia para todo mundo e o presidente do MTG Manoelito Soares teve que improvisar uma cancha aberta para os visitantes. 

E depois de tanta obrigatoriedade, o presidente do Sintapa reclama o seguinte:

"-Quem vai pagar agora o prejuízo com as máquinas de cartões de crédito, sendo que os hotéis fizeram a sua parte?"

Já as imobiliárias nem se importaram tanto com o ocorrido. Resta agora saber como irão reverter a situação . Afinal, demitiram pessoas mas e depois? Irão ensinar recém-formados em TTI para cobrirem os seus quadros? E os bancos, perdoarão as dívidas do Sintapa? Veremos quem ganha esta parada.