A caça do javali-europeu e do javaporco ficou proibida durante mais de dois anos e rendeu muitas críticas, pois como não é um animal da fauna local, acabou se tornando uma verdadeira praga. Ao competir por alimentos, ocupar áreas e se alimentar de filhotes, o javali torna-se um problema ambiental e causa sérios desequilíbrios ao ecossistema. Por isso, após um novo estudo e melhor avaliação do impacto ambiental causado por essa espécie invasora, o IBAMA divulgou a Instrução Normativa Nº 3, de 31 de janeiro de 2013. Esta revoga a instrução normativa anterior que proibia essa caça.

Entenda mais sobre a caça de javali-europeu e cruzamento javaporco

Os javalis-europeu (Sus scrofa) é um animal exótico considerado invasor.

Publicidade
Publicidade

Acredita-se que eles tenham chegado às terras brasileiras através das fronteiras entre o Brasil e os territórios vizinhos Uruguai e Argentina. Nesses países, eles estão presentes desde o século XX, quando foram trazidos da Europa. Hoje, há criadores que usam a carne na alimentação, porém o mesmo não acontece no Brasil.

Ao escaparem das fazendas criadoras, eles ficam livres pelas florestas e pouco a pouco foram se espalhando no país. Como não são da fauna brasileira, não possuem predadores naturais, ou seja, se reproduzem e aumentam a sua população rapidamente. Quando o javali cruza com porcos domésticos dá origem ao que está sendo chamado de javaporcos.

Com isso, hoje não é possível saber o número exato desses #Animais que estão espalhados por todo Brasil. O IBAMA acredita que haja 300 mil exemplares da espécie vivendo livremente pelos seguintes estados: Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Acre.

Publicidade

A autorização da caça do javali é para controle populacional

O javali-europeu é um animal grande de aproximadamente 80 kg e 1,3 metros. Livre pelo Brasi,l está destruindo e comendo plantações e causando um desequilíbrio ambiental. Por isso, a decisão de permitir a caça desse animal que não tem um predador natural, foi a maneira encontrada de tentar controlar o crescimento do número de indivíduos e diminuir os danos que vêm sendo causados.

Além de plantações, esse animal está se alimentando de ovos de jacarés e tartarugas, impedindo aumento da população dessas espécies e prejudicando o meio ambiente. Eles também poluem beira de córregos e rios e destroem tocas dos pequenos animais da fauna brasileira. #Natureza