A renovação contratual do atacante Peruano do Sport Club Corinthians Paulista, Paolo Guerrero está se arrastando em uma longa novela. Mas é uma novela simples de ser resolvida, desde que o Corinthians tenha competência para tal.

De acordo com informações divulgadas no site meutimao.com.br, inicialmente Guerrero pediu R$ 7 milhões de reais de "luvas" (Compensação financeira pela renovação contratual), 3 anos de contrato e um salário mensal de R$ 700 mil. Mas a direção do Corinthians rebateu essa proposta, oferecendo 1 ano e meio de contrato e R$ 500 mil mensais.

Com o passar do tempo, Guerrero foi se revelando o melhor jogador do Corinthians no transcorrer do Campeonato Brasileiro de #Futebol.

Publicidade
Publicidade

E com isso ele aumentou o valor das "luvas" para $ 7 milhões, o equivalente a quase R$ 18 milhões e exigiu que fosse pago à vista, mas baixou a pedida salarial para R$ 600 mil mensais e continuou pedindo um contrato de 3 anos. Mas a diretoria rebateu novamente, complementando que o Corinthians não está bem financeiramente para realizar essa operação no momento.

Mas o novo capítulo que surge é o interesse de dois times europeus pelo futebol de Guerrero, o Sampdoria e o Internazionale, ambos da Itália, e estão dispostos a pagar ao Corinthians cerca de $ 4 milhões, em torno de R$ 10 milhões, para já ter o atacante em janeiro de 2015. Contudo o Corinthians afirma que seu desejo é renovar com o atacante e a vontade de Guerrero é continuar no clube.

Essa tarde (28/11/14), foi realizado um encontro entre representantes de Guerrero (os empresários Bruno Paiva e José Carlos Zegarra) com o Diretor de Futebol do Corinthians, Ronaldo Ximenes, e o clube ofereceu $ 4 milhões de "luvas", em torno de R$ 10 milhões, mas que será pago um valor à vista e o restante parcelado (valor não informado), 3 anos de contrato, salário mensal de R$ 500 mil e participação nos lucros do programa de sócios do clube.

Publicidade

Os empresários gostaram da contraproposta, e irão passar para o atleta, e agora resta esperar o retorno positivo de Paolo Guerrero para a assinatura da tão esperada renovação contratual com o Sport Club Corinthians Paulista.