Desde a morte de Senna, nossas manhãs de domingo não têm sido muito felizes em se falando de Fórmula 1. Parece que ficamos órfãos. Os pilotos que ficaram não obtiveram o mesmo desempenho do nosso eterno campeão e herói, o melhor piloto da história. Nem Schumacher com todos seu títulos pode ser comparado a Ayrton Senna (do Brasil).

Parecia que iríamos ter em Rubens Barrichello um substituto a nos alegrar, mas os jogos de equipe e as quebras constantes nos deixaram a impressão de um piloto "pé frio". Então foi a vez de Felipe Massa. Os jogos de equipe também o prejudicaram por várias vezes, mas o que parece ter comprometido mesmo seu desempenho foi o acidente, onde uma peça do carro à frente se desprendeu e acertou em cheio seu capacete lhe causando um traumatismo craniano, peça essa vinda do carro do nosso "pé frio" Rubens Barrichello.

Publicidade
Publicidade

E assim passamos por uma era de poucas vitórias e nenhum título mundial. Passamos por situações vergonhosas envolvendo brasileiros, no caso de Nelsinho Piquet que bateu de propósito para favorecer sua equipe. O baixo desempenho de nossos pilotos criou um desinteresse quase total pela categoria. Até mesmo a Rede Globo, que sempre transmitiu treinos e corridas, deixou de transmitir os treinos na íntegra e no último domingo, 02/11, sequer transmitiu ao vivo a corrida dos EUA.

Finalmente depois de tantas idas e vindas teremos novamente dois pilotos no grid da Fórmula 1: Felipe Massa e Felipe Nasr. Dois Felipes para nos dar esperanças de ouvirmos novamente a Canção da Vitória nas manhãs de domingo. Obviamente que no primeiro ano de Felipe Nasr as coisas não serão tão fáceis assim, mas Massa está em uma equipe de tradição, a Willians, que tem melhorado o desempenho nas últimas corridas.

Publicidade

Em 2015, quem sabe, uma nova página na história do #Automobilismo brasileiro possa estar começando. Uma história cheia de vitórias e tradições que não podem cair no esquecimento. Uma história construída por grandes pilotos e grandes campeões, para que possamos voltar a ter a alegria de acordar cedo ou até mesmo nas madrugadas para ver o Brasil mais uma vez no alto do Pódio. #Entretenimento