O povo brasileiro até já havia se esquecido do sabor que tem vencer uma copa do mundo, pois fazia exatos 24 anos que a seleção brasileira de futebol não conquistava esse título.Os jogadores diga-se de passagem jogavam o"feijão com arroz", ou seja, não tinham um diferencial.Obviamente existia no elenco exceções, porém além do também atacante Bebeto, raramente ouço alguém falar bem de outro jogador da época. O time estréia na copa dos Estados Unidos mostrando um futebol tímido, porém o camisa 11 definiria o jogo, isso mesmo: um salvador da pátria entre os 11 em campo; assim ele destruiu com a copinha como um simples menino, que só quer brincar e acredita que é possível.

Publicidade
Publicidade

Somente contra os Estados Unidos nas quartas de final que o protagonista brasileiro não marcaria o gol decisivo, mas então daria o passe para o parceiro de ataque Bebeto fazer, com direito a comemoração"nana neném"e tudo: seu filhinho recém nascido foi prestigiado nesse gracioso momento de nossa história esportiva; ali deu pra sentir que o Brasil poderia crescer na competição e se Deus ajudasse o cara da camisa 11, tudo poderia dar certo para nós.

Talvez pelo próprio time ter noção de suas limitações, foi que funcionou.Sabe gente, comecei a gostar para valer de futebol após assistir a essa competição. Romário De Souza Faria e como fez! Assistir a um baixinho, subir de cabeça entre dois gigantes suecos e marcar um golaço, não tem explicação. Obrigado baixinho, você está gravado na memória de quem admira e curte um bom futebol.

Publicidade

Depois de parar com a carreira no campo, Romário vem passo a passo conquistando seu lugar na política. Lutando contra a maré, vem se destacando; um dos políticos mais influentes, não tem papas na língua. Continua sendo transparente, conquistou seu espaço entre os veteranos e atualmente está lutando por um projeto para uma educação melhor nas escolas públicas em geral. Portanto, nos resta somente apoia-lo em seus desafios na política e agradecermos pelos seus ideais com todo carinho e entusiasmo, pois um Homem com caráter e dignidade como esse não aparece sempre em nossas vidas. #Trabalho #Seleção de Futebol