A seleção brasileira de voleibol masculino deu um verdadeiro show nos Jogos Sul-Americanos Escolares, que se encerraram essa semana em Aracaju (SE). Contando com alunos de 13 e 14 anos, a equipe conquistou a medalha de ouro de maneira invicta, com placares de 3 sets a zero em todas as partidas. Destaques para a semifinal, contra a Argentina, bicampeã da competição; e para a final, contra a Venezuela.

Além do Brasil, Argentina e Venezuela, o torneio contou com as confederações do Paraguai, Chile, Uruguai, Peru e Colômbia. A equipe foi formada pelos alunos do Sistema Elite de Ensino, do Rio de Janeiro (RJ), incluindo a técnica Ana Krau.

Publicidade
Publicidade

Segundo a professora, o comprometimento de toda a equipe foi fundamental para o grande desempenho e a preparação prévia colaborou muito no resultado. "Durante os treinamentos, eles se dedicaram bastante e fizeram todos os exercícios propostos. Isso nos ajudou, pois, em determinados momentos eles tiveram de jogar em posições diferentes das quais costumam jogar, em virtude das regras das competições. Tudo isso em prol do objetivo maior que era ser campeão" - ressalta.

O ano de 2014 foi o ponto alto da equipe. O time vencedor do Elite, que representou o Brasil, só perdeu dois sets em todos os jogos realizados esse ano. Com orgulho, a técnica enumera as conquistas: "Ganhamos as fases estaduais e nacionais dos Jogos Escolares, no Rio de Janeiro e em Londrina (PR), respectivamente. E agora o Sul-Americano.

Publicidade

Não poderia ter sido melhor".

O grande diferencial, para Ana Krau, foi o fato dos jovens serem disciplinados, tanto dentro quanto fora de quadra. "O comprometimento era tanto que, mesmo quando um jogador não estava no seu melhor dia, tínhamos resultados positivos por nos atermos à estratégia pré-determinada".

Lembrando que a preocupação não ficou só com o esporte, a técnica reforça que o projeto é de cunho acadêmico. Por isso, em todas as viagens, estudantes levaram seus cadernos e apostilas. "Foi uma forma de aliar os estudos ao vôlei", diz. #Educação