O etíope Dawit Admasu venceu hoje a 90º edição da Corrida de São Silvestre, tradicional prova realizada no último dia do ano nas ruas da cidade de São Paulo. O atleta completou o percurso de 15 km em 45 minutos e 05 segundos, seguido por Stanley Koech, do Quênia e Fabiano Naasi, da Tanzânia. O melhor atleta brasileiro foi Giovani dos Santos, que completou a prova na quinta posição. O último triunfo do país na corrida foi em 2010, com Marílson Gomes dos Santos.

Desde a primeira edição em 1925, a corrida de rua mais tradicional do Brasil nunca deixou de ser realizada. A partir de 1945, atletas estrangeiros passaram a participar do evento, que até o ano de 1988 era iniciado às 23h30, com os vencedores terminando a prova sob os fogos da virada do ano.

Publicidade
Publicidade

A partir do ano seguinte, ocorreu a primeira alteração de horário, com a separação entre as mulheres e os homens, que passaram a largar às 17h, duas horas depois do início da prova feminina. Desde 2012, a São Silvestre passou a ser disputada no horário atual.

Os cerca de vinte e sete mil inscritos largaram da Avenida Paulista às 09h, sob uma temperatura agradável de 25ºC. Como de costume, os participantes foram divididos em dois blocos, separando os atletas de elite e os amadores. Neste grupo, os tradicionais fantasiados faziam a festa, espremidos em meio à multidão.

A corrida

Logo no começo da prova, o etíope Tariku Bekele, em busca do seu segundo título, dominou as ações, seguido por Koech, Giovane do Santos e Mark Korir (Quênia). O atleta, porém, não conseguiu manter o ritmo e afastou-se da disputa.

Publicidade

Na marca dos 13 km, os cinco primeiros colocados se destacaram no pelotão da frente. Dawit Admasu conseguiu tomar a dianteira e partiu para a vitória, a terceira de seu país na história da São Silvestre, completando a prova às 09h46.

A prova feminina, que começara vinte minutos antes, foi vencida pela etíope Ymer Wude Ayalew, que cruzou a linha de chegada às 09h30. A atleta, que já havia vencido a edição de 2008 da São Silvestre, completou o trajeto em 50 minutos e 43 segundos, seguida por Netsanet Kebede, também da Etiópia e Prsicah Jeptoo, do Quênia. Com o oitavo lugar, a atleta Joziane Cardoso foi a brasileira melhor posicionada. #AnoNovo2015

Resultados:

Prova masculina

  1. Dawit Admasu (Etiópia)
  2. Stanley Koech (Quênia)
  3. Fabiano Naasi (Tanzânia)

Prova Feminina

  1. Ymer Wude Ayalew (Etiópia)
  2. Netsanet Kebede (Etiópia)
  3. Prsicah Jeptoo (Quênia)