O ex-piloto de Fórmula 1, Mark Webber, teve a sorte de escapar depois de um acidente em alta velocidade na corrida que encerra a temporada do Campeonato do Mundo de Resistência no Brasil, no autódromo de Interlagos, São Paulo.

O acidente ocorreu na última meia hora da corrida, entre o carro nº 20, o Porsche 919 Hybrid de Mark Webber, e o nº 90, o Ferrari 458 de Matteo Cressoni, da equipe 8 Star. O Porsche de Webber bateu em uma barreira de cimento ao longo da última curva da pista (Curva do Café), depois de fazer contato com o Ferrari de Matteo Cressoni. O destruído 919 Hybrid derrapou na pista e bateu em um box, antes do vazamento de petróleo que provocou um incêndio na parte traseira.

Publicidade
Publicidade

O piloto de 38 anos parecia ileso quando foi levado em uma maca, acenando e mostrando à multidão um polegar para cima enquanto era carregado em uma ambulância, e a Federação Internacional de #Automobilismo (FIA) confirmou que ele estava em um "estado satisfatório".

"A corrida terminou com o safety car, após um acidente grave entre o Porsche de Mark Webber e o Ferrari de Matteo Cressoni", dizia uma declaração no site da FIA. "Ambos os pilotos foram levados para o centro médico do circuito e, após um exame inicial, para o Hospital Bandeirantes para verificações complementares. O seu estado foi classificado como satisfatório."

A Porsche rapidamente utilizou as redes sociais para garantir o bem-estar do piloto.

A relação do piloto australiano com a Interlagos já é antiga. Em 2009 e 2011 o piloto vence o Grand Prix do Brasil, e agora soma uma grande batida, a acrescentar à de 2003, onde perde o controle do seu Jaguar e é atingido pela Benetton de Fernando Alonso.

Publicidade

Webber estava em 6º lugar quando colidiu, na última meia hora da prova. O australiano qualificou-se na pole position para o evento e era um dos favoritos para garantir à Porsche a sua primeira vitória da temporada.

Webber, que deixou a Fórmula 1 em 2013, após 12 temporadas, recebeu mensagens de melhoras de alguns de seus ex-rivais após o acidente. "Fico feliz em ver que (Webber) está ok após seu desvio" twittou Jenson Button.

Webber termina em nono no ranking dos pilotos, ao lado dos companheiros de equipe Timo Bernhard e Brendon Hartley.