Nos dia 20 e 21/12/2014, as especulações e transações no #Futebol continuam. Os clubes continuam fortalecendo suas equipes para a temporada de 2015. Mas a tendência, por enquanto, é na concentração nas renovações de jogadores importantes, e que os contratos estão se findando com seus respectivos clubes.

O lateral-esquerdo Ronan, de 19 anos, que estava emprestado, desde junho desse ano, pelo Fluminense, para o Legia Varsóvia, da Polônia, rescindiu o contrato, e está de volta ao clube carioca.

O goleiro Diego Cavalieri renovou com o Fluminense por mais 4 anos. O lateral-direito Léo Moura fechou um acordo com o Flamengo, para sua permanência no clube, pelo menos até o fim do Campeonato Carioca.

Publicidade
Publicidade

O atacante Taiberson renovou o contrato por mais 4 temporadas com o Internacional. Já o zagueiro Douglas Silva renovou com o Vasco por mais 2 anos. O goleiro Danilo, que foi especulado por vários clubes, principalmente pelo Corinthians, não acertou sai ida para nenhum dos interessados, e ao que tudo indica, continuará na Chapecoense em 2015.

O Palmeiras acertou a contratação do atacante Leandro, que pertencia à Chapecoense. O clube paulista efetuou a compra de 50% dos direitos do jogador, por R$ 5 milhões, e acertou um contrato de 5 anos com Leandro.

A Ponte Preta fechou a contratação do volante Dedé, que jogou na Chapecoense em 2014, onde seu vínculo com o clube terminou há pouco, e não houve renovação por causa da proposta feita pela Ponte Preta, onde ficará até o final de 2015, mas tempo esse que poderá ser "esticado", a depender do seu desempenho na temporada que irá defender as cores do clube paulista.

Publicidade

A Ponte Preta fez uma proposta de empréstimo para o Bahia, pelo goleiro Marcelo Lomba, que está no clube baiano desde 2011, e que sofreu muitas críticas por parte do torcedor e da imprensa baiana em 2014. Porém, o Bahia ainda não se posicionou sobre o assunto, porque o goleiro tem contrato com o clube até o final de 2017, e a diretoria espera contar com Marcelo Lomba para a disputa da série B do Campeonato Brasileiro, mesmo com o goleiro estando em baixa no clube. Ao mesmo tempo a Ponte Preta está otimista quanto ao negócio, pois já acertou salários com os empresários do jogador, e acredita que o fato do clube baiano não disputar a série A em 2015, seja um fato determinante neste negócio.

O mercado o futebol brasileiro está agitado, mas a maioria das transações são especulações, poucas negociações estão se concretizando, e algumas delas só terão desfecho em 2015. O que pode explicar esse novo quadro no Brasil, são os problemas financeiros que os clubes estão enfrentando, e principalmente as dívidas astronômicas que as atuais diretorias ocasionaram na gestão desses clubes.

Publicidade

Mas, mesmo com tudo isso, alguns dirigentes estão usando a criatividade e credibilidade que ainda tem no mercado, e estão reforçando seus elencos profissionais, visando montar um time competitivo para 2015.

Agora resta esperar para saber como se comportarão os clubes brasileiros na temporada 2015, principalmente nas competições internacionais, e no Campeonato Brasileiro de Futebol. #Negócios