A Fifa e a revista France Football anunciaram na última segunda-feira (1), os três finalistas da próxima edição do prêmio Bola de Ouro. Dois nomes eram previsíveis, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, pois disputam o prêmio há anos, mesmo os dois não tendo feito uma boa campanha na Copa do Mundo. Mas a grande novidade entre os finalistas é o goleiro Neuer, do clube Bayern de Munique e da Seleção Alemã de Futebol.

Messi é o homem que mais ganhou Bolas de Ouro, foram quatro vezes consecutivas (2009 a 2012). Em 2012, o jogador marcou 91 gols na temporada. Já Cristiano Ronaldo, ganhou duas vezes (2008 e 2013). Essa é a primeira vez que Neuer disputará o prêmio de melhor jogador do ano e é merecido após sua grande atuação na Copa do Mundo, que contribuiu para a conquista da Copa do Mundo pelo time alemão.

Publicidade
Publicidade

Conheça mais sobre Neuer

O fato do goleiro estar entre os finalistas gerou polêmica entre vários esportistas. Mas a indicação é merecida, pois os finalistas quase sempre são atacantes (e o resto dos jogadores, que são tão bons quanto os atacantes? Ficam esquecidos porque não colocam a bola no fundo da trave?). Talvez a presença de Neuer entre os finalistas abra espaço para que zagueiros e outros jogadores de outras posições comecem a ser indicados.

Neuer é mais que um goleiro, ele é também um líbero. Começou a jogar no time de base do Schallke, onde atuou por 10 anos, até assinar o primeiro contrato de sua carreira em 2005. Ganhou muito destaque por suas defesas na UEFA Champions League 2007-2008 e nas semifinais da Champios League 2010-2011. Joga no Bayern desde 2011 e foi contratado por cinco anos por 18 milhões de euros.

Publicidade

Outro destaque da carreira do goleiro foi quando completou 1.018 minutos sem sofreu um gol na Bundesliga e superou o marco do goleiro Oliver Khan. Recebeu a Luva de Ouro da Fifa em janeiro de 2014.

A premiação acontecerá no dia 12 de janeiro em Munique e tem como favorito, novamente Cristiano Ronaldo, que apesar de não ter tido tempo de mostrar suas habilidades na Copa do Mundo, devido à eliminação precoce de Portugal, tem dado um show na Liga dos Campeões e no Campeonato Espanhol.