Em uma corrida bastante conturbada e cheia de alternativas até o final, o piloto português Antonio Felix da Costa, da equipe Amlim Aguri, conseguiu neste sábado a sua primeira vitória na Fórmula E. A prova foi disputada no circuito de rua de Buenos Aires, capital da Argentina. O francês Nicolas Prost, da E.dams Renaut, chegou em segundo e Nelsinho Piquet, em uma ótima performance, completou o pódio com seu China Racing.

A corrida

Logo no começo da prova, o piloto suíço Sebastien Buemi dominou as ações. O piloto, que conquistara a pole-position, manteve a dianteira, enquanto Nick Heidfeld assumia o segundo posto. A sensação da corrida naquele momento era o brasileiro Lucas Di Grassi - líder do campeonato - que ganhou várias posições na pista e em pouco tempo já era o segundo colocado.

Publicidade
Publicidade

Na 15º volta, um acidente sofrido pelo indiano Karun Chandhok trouxe uma nova dinâmica à corrida, já que os pilotos aproveitaram a entrada do Safety Car para realizarem a troca de carros (obrigatória na categoria, onde os pilotos recebem novos carros com a bateria totalmente carregada).

Após a bandeira verde, Buemi e Di Grassi seguiam na dianteira. Heidfeld, Da Costa e Sam Bird completavam os cinco primeiros posto. Na volta seguinte, Buemi tocou no muro e deixou a corrida nas mãos de Di Grassi. Logo depois, porém, o brasileiro bateu praticamente no mesmo ponto e também teve que abandonar a prova. Nick Heidfeld assumiu a ponta, mas acabou sendo punido pela direção de prova por excesso de velocidade nos boxes, tendo que cumprir um drive-through e deixando assim o caminho aberto para a vitória de Antonio da Costa.

Publicidade

Nicolas Prost, aproveitando-se dos acidentes e punições (Bird também recebeu um drive-through) chegou em segundo.

As maiores emoções ficaram reservadas para a briga pelo terceiro posto. Com várias trocas de posições e toques entre os pilotos, a disputa seguiu até às últimas curvas, quando Nelsinho Piquet, imprimindo um ritmo espetacular, graças à parada tardia nos boxes (que permitiu ao brasileiro chegar às últimas voltas com mais bateria que os concorrentes) conseguiu seu lugar no pódio. Bruno Senna, da Mahindra, chegou na quinta colocação.

Classificação e próxima etapa

Apesar de ter abandonado a corrida deste sábado, Lucas di Grassi segue firme na liderança da competição com 58 pontos, seguido por Sam Bird (48 pontos) e Sebastien Buemi, com 43. A próxima etapa da Fórmula E será realizada no circuito de rua de Miami (EUA), no dia 14 de março. #Automobilismo

Classificação final do Grande Prêmio da Argentina de Fórmula E (pilotos e equipes)

  1. Antônio Félix da Costa (POR) - Amlin Aguri
  2. Nicolas Prost (FRA) - E.adams
  3. Nelsinho Piquet (BRA) - China Racing
  4. Jaime Alguersuari (ESP) - Virgin
  5. Bruno Senna (BRA) - Mahindra