Santa Catarina é um estado pequeno, com uma população aproximada em 6 milhões de habitantes, menor que o da cidade de São Paulo, que tem 11 milhões; igualando-se à cidade do Rio de Janeiro, que também conta com aproximadamente 6 milhões de habitantes. Dentro deste contexto, o fato de haver quatro equipes catarinenses na elite do futebol nacional, sendo que cinco fazem parte das 40 melhores equipes do país (unindo as Séries A e B), é um feito surpreendente. Isto vem chamando cada vez mais a atenção de especialistas e da imprensa esportiva geral.

Este ano, Avaí, Chapecoense, Figueirense e Joinville disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro, e o Criciúma, rebaixado ano passado, disputará a Série B.

Publicidade
Publicidade

Além de competirem também na Copa do Brasil, fatos que tornam a competição local muito mais qualificada e disputada, sendo a única em que o interior é superior à capital em número de títulos.

A edição de 2015 do Campeonato Catarinense contará com oito campeões estaduais, sendo um deles o Inter de Lages, campeão da Série B em 2014, que retorna à elite após 13 anos. Seu único título estadual aconteceu em 1965. A exposição da competição também atraiu nomes expressivos no cenário nacional do futebol como os veteranos Reinaldo, ex-Flamengo e São Paulo; Marcelinho Paraíba, que atuou pelo São Paulo, Grêmio, Coritiba e Flamengo; e o goleiro Fernando Henrique, vice-campeão da Libertadores de 2008, com o Fluminense. Todos defenderão o clube da cidade de Lages.

A fórmula de disputa é nova. Na primeira fase, todas as equipes se enfrentarão em turno único e as seis primeiras colocadas disputarão o hexagonal final, em que os dois melhores serão classificados para a final da competição.

Publicidade

Os quatro últimos disputarão o quadrangular do rebaixamento. Os dois piores serão rebaixados para a Série B de 2016. Os três primeiros colocados disputarão a Copa do Brasil do ano que vem. Há ainda duas vagas para o estado na Série D deste ano, que serão dadas para os melhores colocados sem série que disputam a competição.

Devido às mudanças na tabela, o primeiro jogo será dia 31 de janeiro, na partida entre Chapecoense e Inter de Lages, na Arena Condá, em Chapecó. A data prevista para o encerramento é dia 3 de maio.