Em partida disputada na manhã deste domingo no Estádio do Pacaembu, o #Corinthians garantiu pela nona vez o título da Copa São Paulo de Juniores, ao vencer a equipe do Botafogo de Ribeirão Preto por 1 x 0, com um gol marcado pelo jogador Maycon. A final da competição faz parte das comemorações do aniversário da cidade de São Paulo, como tradicionalmente acontece todos os anos.

Decisão é marcada pelo equilíbrio

As duas equipes chegaram com muita confiança para a partida decisiva. O Corinthians, campeão brasileiro na categoria, atropelou o São Paulo na semifinal disputada na última quinta-feira na cidade de Limeira, aplicando um categórico 3 x 0.

Publicidade
Publicidade

Os jovens corintianos venceram todas as partidas até chegar à finalíssima, mas vinham desfalcados de dois de seus principais jogadores: Gustavo Tocantins, que tem passagem pela equipe principal e Matheus Cassini, grande destaque da equipe na competição, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, não entraram em campo.

O Botafogo, por sua vez, eliminou equipes tradicionais do #Futebol brasileiro, como Grêmio, Fluminense e Botafogo/RJ em sua trajetória na competição. Na semifinal, surpreendeu o favorito Palmeiras em Barueri, vencendo por 2 x 1. Para a final, o desfalque foi o capitão Lineker, expulso contra o alviverde. A equipe do interior demonstrou muita personalidade durante a competição e entrou em campo disposta a desbancar o Corinthians diante de mais de 35.000 torcedores que lotavam o Pacaembu.

Publicidade

A partida foi bastante equilibrada desde o começo, com os jogadores corintianos demonstrando muito nervosismo, errando muitos passes e abusando das faltas. O Botafogo aparentava mais equilíbrio, e quase abriu o placar em diversas chances. O Corinthians, mesmo afoito, conseguiu criar algumas oportunidades ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, apesar do calor, a partida ficou mais aberta, com chances claras de gol para ambas as equipes. A equipe de Ribeirão Preto teve uma ótima chance aos nove minutos, obrigando o goleiro Caíque França a realizar duas ótimas intervenções no mesmo lance.

A partida se definiu aos 21 minutos, após um chute aparentemente inofensivo de Maycon que o goleiro Talles, que vinha sendo apontado como o melhor em campo, não conseguiu segurar. Com a vantagem no marcador, o Corinthians finalmente controlou as ações e não levou maiores sustos, aguardando apenas o apito final para festejar mais um título, junto à sua Fiel Torcida.