Hoje, 24/01/2015, foi um dia épico para o #Futebol brasileiro, pois aconteceu um jogo na Arena Corinthians que representou mais que uma simples partida de futebol. Foi o encontro do Sport Club Corinthians Paulista com o clube que inspirou seu "nascimento", o clube inglês Corinthian-Casuals.

O primeiro evento do dia, na Arena Corinthians, foi a promoção "jogo por ti", na qual alguns torcedores pré-selecionados jogaram entre si no gramado do estádio corintiano, o que gerou muita emoção para esses torcedores, pois jogar no campo de seu time do coração não é para qualquer um e nem acontece todo dia.

Logo após, a cantora Negra Li cantou o hino nacional brasileiro, e depois o cantor Rappin Hood puxou o hino do Corinthians, que foi cantado pelos 25 mil corintianos que estavam no estádio.

Publicidade
Publicidade

E antes da partida começar, o Padre Marcelo Rossi deu o pontapé inicial para a partida, sendo ovacionado pela torcida do Corinthians, e retribuindo o carinho com acenos, agitando a camisa corintiana.

Já a partida em si foi muito movimentada, sempre com o Corinthians tomando a iniciativa, mas encontrando uma forte resistência da defesa do clube inglês. Mas no final o clube paulista venceu por 3 x 0, sendo o primeiro gol do experiente meia Danilo e os outros dois do atacante Luciano. O segundo gol do atacante proporcionou uma cena curiosa, pois o jogador Byatt, do Corinthian-Casuals, que havia trocado de camisa com Danilo, do Corinthians, apareceu livre atrás do atacante Luciano, ficou pedindo a bola, mas o atacante corintiano disse que um atacante não deixa uma chance de gol passar para outro e dominando a bola no peito, marcou o terceiro gol do Corinthians.

Publicidade

Após o final da partida, o troféu de vencedor do amistoso foi entregue ao goleiro Cássio, do Corinthians, pelas mãos do ex-jogador Roberto Rivelino, ídolo corintiano, que jogou no clube nas décadas de 60 e 70. Mas, para a surpresa geral, os jogadores do clube paulista entregaram a taça para os jogadores do clube inglês, que vibraram muito e revelaram ser o dia mais feliz da vida deles. E o nome do troféu foi também uma homenagem, pois o desenho da taça foi uma estatueta do ex-jogador Sócrates, que faleceu em 2011, e que é um ídolo eterno dos corintianos, pois defendeu com maestria o Corinthians na década de 80.

No final o saldo foi positivo, pois os jogadores do Corinthian-Casuals ficaram felizes com a recepção por parte da torcida corintiana, e pelo respeito e carinho demonstrados pelos representantes do Corinthians. O Corinthians também ficou satisfeito, pois além de arrecadar quase 1 milhão de reais com o jogo, pôde preparar melhor sua equipe visando os campeonatos que virão. E a torcida corintiana foi a mais agraciada, pois foi espectadora de todos esses acontecimentos que tornaram o dia 24 de janeiro de 2015 um dia mais que especial, para se guardar na memória para sempre. #História