O jogador Ricardo Centurión (22) é cogitado pelo São Paulo para fazer parte do elenco. Em 2012 ele foi cotado para ter seu passe comprado pelo clube, mas logo isso foi descartado devido a uma foto polêmica na qual ele aparecia portando uma pistola (publicação do portal argentino Tribunero, 19/08/2012). Na época, um empresário o ofertou ao clube pois soube que a negociação com o jogador chileno Eduardo Vargas (Napoli/ITA) havia fracassado, porém, a diretoria - liderada pelo então presidente Juvenal Juvêncio - não ficou interessada.

Na última segunda-feira (25), dois anos após a primeira tentativa de negociação,Victor Bianco, presidente do Racing, time ao qual o jogador Ricardo Centurión pertence, informou - em entrevista à rádio argentina La Red - que o São Paulo ofereceu quatro milhões de euros (R$11,7 milhões) por 70% dos direitos econômicos do jogador.

Publicidade
Publicidade

Apesar de afirmarem a existência da negociação, querem manter sigilo até obterem a resposta, mesmo que negativa.

O técnico Muricy Ramalho deseja contratar Centurión para ocupar a vaga que era de Lucas (vendido em 2012). O treinador busca um jogador veloz, assim como Centurión: o atleta é ponta esquerda, destro, veloz e sabe driblar. Em 2014, Ricardo deu o título ao Racing pelo Campeonato Argentino. #Mídia #Futebol

Ainda segundo informações do último dia 27, o Racing rejeitou a primeira oferta do São Paulo: alegaram que querem defender os interesses do jogador e também do clube. Porém, há uma cláusula de saída no contrato, na qual o jogador poderá decidir: fontes revelam que o Ricardo Centurión quer realmente sair do clube, porém, pela chamada 'porta da frente'. O presidente do Racing informou que ofereceram um contrato seis vezes maior do que o jogador recebe atualmente. O time paulista ofertou um salário de R$258 mil.


Agora é preciso esperar o desfecho da história. Mas uma coisa é certa: Caso Centurión acerte com o São Paulo, deverá revisar suas atitudes fora de campo. Afinal, tais comportamentos podem interferir, de fato, dentro de campo.