O retorno do lutador de MMA, Anderson Silva (Spider), foi um acontecimento muito conturbado tanto pela expectativa de uma volta gloriosa, já com uma grande vitória, quanto pela ideia de uma revanche contra Weidman. Entretanto, o que tornou o retorno ainda mais polêmico foi a notícia em que Anderson Silva teria tomado remédios (doping) para melhorar a estrutura muscular e conseguir vencer o adversário, Nick Diaz. O resultado do primeiro teste antidoping foi positivo. Fato que causou grande repercussão no mundo do esporte.

Por ser pego no exame, Anderson Silva sofreu duras críticas, até mesmo o futuro no mundo das lutas foi colocado em xeque.

Publicidade
Publicidade

Afinal, não era apenas um doping, era a reputação de uma carreira de grandes vitórias e lutas extraordinárias que estava sendo julgada.

Como o lutador foi pego no exame antidoping pelo primeiro teste, foi solicitado o segundo exame que serviu como contraprova para saber se realmente Anderson utilizou de substâncias proibidas para conseguir melhor aproveitamento físico. O resultado desse 2° exame foi divulgado: Anderson Silva é inocente!  #Opinião

Esta informação foi divulgada pela Comissão Atlética de Nevada. Nesse exame, o resultado foi negativo, o ex-campeão dos médios do UFC estava 'limpo', ou seja, ele não usou nenhum hormônio, remédio ou qualquer outra substância proibida. Todavia, vale ressaltar que no dia da luta, 31 de janeiro de 2015, houve mais um teste que ainda não foi divulgado pela Comissão Atlética de Nevada. Para fins burocráticos, Anderson Silva deve se apresentar no dia 17 de fevereiro de 2015, para se defender da acusação de doping no primeiro exame e saber qual será a sentença, será punido ou não.
Essa notícia traz um grande alívio para a torcida brasileira e para todos que apreciam o esporte e o mundo de lutas do MMA. Além disso, todos que criticaram Anderson Silva devem se desculpar com o atleta, pois durante todos esses dias de incertezas sobre o teste antidoping, o lutador sofreu diversas críticas pesadas com relação à sua carreira. Quem realmente conhece a história do "Spider" sabe que ele é totalmente contra o uso de medicamentos para essa finalidade e sempre acreditou na sua inocência.
Anderson Silva é campeão dentro e fora do octógono!