Passadas vinte e duas rodadas, pode-se dizer que o Campeonato Espanhol está pegando fogo. Apenas quatro pontos separam o líder do terceiro colocado, um forte equilíbrio que deve se manter até as rodadas finais da competição. O Real Madrid segue na dianteira, com 54 pontos, mas agora vê o Barcelona grudado na tabela, com apenas um ponto atrás. Correndo por fora na disputa pelo título está o Atlético de Madrid, atual campeão, com 50 pontos.

A rodada desse final de semana deixou bem evidenciado o equilíbrio que existe entre essas três equipes e como apontar um favorito pode ser uma missão considerada praticamente impossível.

Publicidade
Publicidade

No sábado aconteceu o clássico de Madrid entre Atlético e Real, com um resultado impressionante. Atuando como visitante, o time de Cristiano Ronaldo foi massacrado e terminou a partida com uma incrível goleada sofrida, 4x0.

Trata-se de um acontecimento raro ver o time do Real Madrid sofrer uma goleada. Os torcedores merengues estão muito mais acostumados a ver o elenco estrelar golear as outras equipes. A partida contou com uma falha de Casillas no primeiro gol e um belíssimo voleio/bicicleta de Saúl Ñiguez. O Atlético de Madrid dominou a partida inteira, conseguiu imprimir um ritmo muito forte combinando jogadas velozes e marcação de pressão. Na segunda etapa, a rede balançou com francês Griezmann e o croata Mandzukic para definir o placar final.

O Barcelona aproveitou o tropeço do Real Madrid na rodada e encostou na briga pela liderança sem dar nenhuma chance pro azar.

Publicidade

Mesmo atuando fora de casa os catalães conseguiram atingir uma performance impressionante e golearam o Athletic Bilbao por 5x2. Os gols do Barça na partida foram anotados por Messi, duas vezes, Neymar, Suárez e Pedro. Mikel Rico e Aduriz descontaram para os donos da casa.

O destaque mais uma vez ficou por conta da grande atuação do trio sul-americano formado por Messi, Neymar e Suárez, que está cada vez mais entrosado. Além de terem balançado a rede adversária, os atacantes conseguiram infernizar a vida dos defensores com muita movimentação e jogadas de habilidade. O resultado do jogo foi elástico mas, acredite, poderia ser uma goleada ainda mais avassaladora - Neymar desperdiçou duas oportunidades na cara do gol e Suárez viu o goleiro fazer uma defesa milagrosa, após forte cabeceio.

Resta agora acompanhar as próximas rodadas para ver se o Real Madrid irá absorver a goleada sofrida e conseguirá dar a volta por cima de imediato. Logo atrás o Barcelona e o Atlético de Madrid aproveitam o bom momento e pedem passagem para brilhar ainda mais. #Futebol