No dia 3 de fevereiro começou a luta de doze equipes para avançar para a fase de grupos da Taça Libertadores da América 2015. Algumas equipes tradicionais, campeãs e outras querendo fazer história, no maior campeonato interclube das Américas.

Independiente Del Valle (Equador) x Estudiantes (Argentina) 

A equipe portenha presidida por Sebastina Veron, ex-Jogador de sucesso da seleção Argentina, do Inter de Milão e do próprio Estudiantes, enfrenta a equipe Equatoriana. O Independiente ficou com a terceira vaga do Equador e busca uma vaga na fase de grupos. Já o Estudiantes de La Plata, quatro vezes campeão da Libertadores, conseguiu a vaga por ser o melhor Argentino na Copa Sul-americana.

Publicidade
Publicidade

O vencedor cai no grupo 7 e enfrenta Atlético Nacional da Colômbia, Libertad, do Paraguai e Barcelona, do Equador.

Alianza Lima (Peru) x Huracan (Argentina) 

Vencedor da Copa Inca do Peru, o Alianza, busca fazer uma campanha convincente nesta Copa, porém, não será fácil para os Peruanos, pois enfrentaram uma equipe aguerrida que acabou de sair da segunda divisão da Argentina, o Huracan, que volta para a libertadores após 31 anos. Quem vencer irá para o grupo 3 contra Cruzeiro, Universitário de Sucre (Bolivia) e Mineros (Venezuela)

Deportivo Tachira (Venezuela) x Cerro Porteno (Paraguai) 

Cerro Porteno, figurinha carimbada em Libertadores, alcançou as semifinais algumas vezes, mas sempre 'morreu na praia'. Desta vez, para avançar, enfrenta o sempre perigoso Deportivo da Venezuela para avançar para o grupo 8, onde já estão Sporting Cristal (Peru), Racing (Argentina) e Guarani (Paraguai).

Publicidade

Palestino (Chile) x Nacional (Uruguai) 

Nacional, tricampeão da Libertadores, terceiro colocado no campeonato Uruguaio, busca seu tetra campeonato e terá que passar pela equipe chilena do Palestino. Quem avançar irá para o grupo 4 contra o Internacional, Emelec (Equador|) e Universidad de Chile.

Monarcas Morellia (México) x The Strongest (Bolívia) 

The Strongest que é, provavelmente, a principal equipe boliviana, terá que se superar para manter a decisão na altitude de La Paz. Os campeões da Supercopa do México irão para cima para resolver logo a disputa e se preparar para o grupo 5, onde Boca Juniors (Argentina), Montevideo Wonderes (Uruguai) e Zamora (Venezuela), estão de camarote esperando.

Para finalizar, o mais esperado confronto de dois campeões: Corinthians campeão em 2012 x Once Caldas (Colombia), campeão em 2004.

A equipe de Tite vem de uma boa pré-temporada nos Estados Unidos e de uma vitória contra o Marília, na estreia do Paulistão -2015. A baixa fica por conta do meia Uruguaio Lodeiro, que em cima da hora pediu para ser negociado com o Boca Juniors. Já o Once-Caldas perdeu neste fim de semana, no campeonato Colombiano. Quem passar irá para o chamado grupo da morte, o grupo 2, contra São Paulo, San Lorenzo(Argentina) e Danubio (Uruguai).