A vitória do brasileiro Gabriel Medina no circuito mundial de surf, desbancando veteranos como Kelly Slater, trouxe mais fama a esta modalidade. O Brasil possui quase 9 mil quilômetros de litoral o que facilita a popularidade do esporte.

Neste ano Gabriel Medina, com 21 anos, estará em busca do seu bicampeonato. O circuito mundial será disputado em 11 etapas. São 34 surfistas e mais dois convidados que participam de baterias classificatórias, cada surfista tem normalmente 30 minutos para fazerem suas manobras que serão avaliadas por 5 jurados, descartando a maior e a menor nota. Podendo neste tempo pegarem até 15 ondas, sendo válidas as suas duas maiores notas.

A cada etapa o vencedor acumula 10 mil pontos, o vice oito mil, o terceiro lugar seis mil e quinhentos até o 25º que acumula 500 pontos.

O Campeonato Mundial de Surf de 2015 começará na Austrália dia 28 de Fevereiro com 3 etapas a serem realizadas no país. As etapas serão realizadas em Coolangatta, Torquay e no sudoeste do país. A última etapa termina no dia 26 de Abril.

O circuito continua e a quarta etapa é realizada no Brasil, a Rio Pro na Barra da Tijuca. É uma praia de fundo de areia, sendo a primeira com esta característica no circuito. Existe a possibilidade de pegar tubos curtos e dar aéreos.

A quinta etapa é realizada nas ilhas Fiji, etapa vencida por Medina em 2014. A sexta passagem do circuito é na África do Sul, uma etapa de clima bastante frio.

No Taiti ocorre a etapa mais perigosa e temida do circuito, no ano passado o Medina ganhou pela terceira vez na região que registra o maior número de acidentes.

Publicidade
Publicidade

A oitava etapa é realizada nos Estados Unidos.

As duas etapas europeias acontecem na França e Portugal, que tem uma das águas mais quentes da Europa mesmo que para os brasileiros não seja tão quente assim. O circuito tem sua última etapa no Havaí, local de grandes ondas e é a etapa do circuito que os surfistas mais desejam vencer.

Circuito Mundial de Surf

1ª Etapa (Austrália) - Quiksilver Pro Gold Coast 28/2 a 11/3

2ª Etapa (Austrália) - Rip Curl Pro Bells Beach 1º a 12/04

3ª Etapa (Austrália) - Drug Aware Margaret River Pro 15 a 26/05

4ª Etapa (Brasil) - Rio Pro 11 a 22/05

5ª Etapa (Fiji) - Fiji Pro 7 a 19/06

6ª Etapa (África do Sul) - J-Bay Open 8 a 19/07

7ª Etapa (Taiti) - Billabong Pro Teahupoo 7 a 19/08

8ª Etapa (EUA) - Hurley Pro at Trestles 9 a 20/09

9ª Etapa (França) - Quiksilver Pro France 6 a 17/10

10ª Etapa (Portugal) - Moche Rip Curl Pro Portugal 20 a 31/10

11ª Etapa ( Havaí) - Billabong Pipe Masters 8 a 20/12