Santos e São Paulo fizeram um grande jogo na noite nessa quarta-feira (12) e só não marcaram gols devido às excelentes atuações dos goleiros Rogério Ceni e Vanderlei. O placar de 0x0 não refletiu a atuação dos times, que com intensa movimentação e boa troca de passes empolgaram a torcida, que compareceu em bom número à Vila Belmiro.

O Santos, como normalmente acontece quando joga em casa, iniciou a partida pressionando o adversário e criou duas boas chances de marcar com Geuvânio e Victor Ferraz, mas, Rogério, o melhor jogador da partida, impediu o Peixe de abrir o placar.

Equilíbrio

Depois de sofrer a pressão inicial, o tricolor paulista se encontrou na partida.

Publicidade
Publicidade

Os volantes Denílson e Sousa se movimentaram e o meio campo santista não conseguia marcá-los. Com isso, sobrava espaço para Ganso e Michel Bastos, que conseguiram criar boas chances de gol. A melhor delas foi um chute do Ganso de fora da área, obrigando Vanderlei a fazer uma difícil defesa.

Na parte final da primeira etapa, o Santos acertou a marcação e conseguiu encaixar bons contra-ataques. Principalmente nas costas do lateral Reinaldo, que avançava muito e não conseguia acompanhar o atacante santista Geuvânio, que conseguia criar boas oportunidades por aquele lado. Em umas dessas chances, Geuvânio invadiu a área e exigiu uma excelente defesa do Rogerio Ceni.

Blitz

O peixe voltou para a segunda etapa tentando resolver logo o jogo, fez uma blitz no São Paulo e criou 4 chances de gol.

Publicidade

Robinho, Geuvânio, David Brás e Ricardo Oliveira pararam no goleiro tricolor. A pressão poderia surgir efeito se o juiz marcasse pênalti sofrido por Ricardo Olivia, que foi calcado pelo volante Denílson. O juiz incorretamente mandou o jogo seguir

Vendo o São Paulo ser pressionado, Murici resolveu mexer no time. Tirou o jovem atacante Evandro para a entrada de Alexandre Pato. A alteração não surtiu o efeito esperado. Pato entrou muito mal na partida, perdeu diversas bolas e não conseguiu criar nenhuma boa jogada. O meia Ganso também não conseguia criar e o São Paulo ficava sem opção de ataque.

Grandes defesas

O santos continuou melhor e teve a maior chance do jogo quando Robinho fez grande jogada pela ponta esquerda e cruzou para Marquinhos Gabriel. O meia santista chutou no canto e Rogerio fez excelente defesa. No rebote, Renato bateu e o goleiro tricolor conseguiu mais uma defesa, lembrando o mítico goleiro Rodolfo Rodrigues, ídolo dos santistas.

Depois desse lance o jogo esfriou, as duas equipes não tiveram mais força para criar lances perigosos e a partida terminou mesmo em 0x0.

Agora o São Paulo enfrenta o Bragantino, fora de casa, no sábado de Carnaval. No mesmo dia o Peixe enfrenta o São Bernardo, no ABC Paulista. #Futebol