Luis Fabiano SPFC confirmou outra vez o espírito de artilheiro e marcou o gol número 200 em sua história no São Paulo, na vitória de 3X1 contra o Penapolense, em Penápolis, à 1° rodada do Campeonato Paulista 2015.

Luis Fabiano é o terceiro artilheiro da história do São Paulo (atrás de Gino Orlando e Serginho Chulapa, com 233 e 242 respectivamente). Será que o artilheiro tricolor terá fôlego para chegar na primeira posição dos maiores goleadores?

Com 34 anos de idade, Luis Fabiano representa o atacante mais confiável do São Paulo nos dias de hoje para parte dos críticos esportivos.

Gols de São Paulo X Penapolense

A presença de Luis Fabiano no time é tão importante ao ponto de Muricy Ramalho escalar Alan Kardec como segundo atacante, o que funcionou bem, afinal, Kardec tocou para Michel Bastos abrir o placar: 1X0 para o São Paulo com uma bomba ao estilo Raí.

Publicidade
Publicidade

Luis Fabiano marcou o segundo gol após dominar a bola e bater com o pé esquerdo na saída do goleiro, registrando o seu nome à terceira posição dos maiores artilheiros nas memórias do tricolor.

Penapolense marcou seu primeiro e único gol após uma confusão na área em que a bola sobrou ao atacante Crislan. Mas o tricolor não se assustou e após poucos minutos fez o terceiro gol para consagrar a vitória em busca do título no Campeonato Paulista 2015.

Após a derrota na Copinha, com bastante polêmica de arbitragem e da falha no Torneio de Verão, o São Paulo volta a trazer alegria e esperança aos seus torcedores para a temporada 2015.

Luis Fabiano - Superação

Na vitória tricolor, em que Luis Fabiano marcou seu gol número 200 com o manto sagrado, o São Paulo se demonstrou motivado durante o primeiro tempo, embora as questões físicas fizeram o time perder força de combate no meio-campo e errar passes primários, problemas estes consertados na segunda metade da partida, conforme disse o técnico Muricy durante a entrevista pós-jogo.

Publicidade

Luis Fabiano e seus companheiros do tricolor enfrentam o Santos à segunda rodada do Paulistão 2015, no estádio do Pacaembu. #Futebol