Este jogo soou como um treino tranquilo no qual o Mengão estava soberano em campo. No primeiro tempo, o time parecia que estava cochilando, com a certeza de que poderia fazer gol no momento que quisesse, o que de fato aconteceu, no Maracanã.

O que chama a atenção são os nomes dos cincos gols da vitória do #Flamengo por 5 a 1 contra o fraco time do Cabofriense: Marcelo Cirino, Everton, Samir, Eduardo da Silva e Alecgol - isto mesmo, caros amigos rubro-negros, foi um gol para cada jogador, o que demonstra o espírito coletivo que permeia o ar da Gávea desde a chegada de Luxemburgo.

Mengão - poder no jogo aéreo

Foram dois gols semelhantes de escanteio do Mengão, cabeçada no primeiro pau, algo que se aprende ainda no período de juniores.

Publicidade
Publicidade

Samir teve lá suas falhas na partida, mas conseguiu se redimir com seu "tiro de cabeça!".

No primeiro tempo o Mengão estava cochilando, as poucas bolas que chegavam no ataque eram cortadas com faltas violentas do Cabofriense - o árbitro fez economia nos cartões e quase perdeu o controle de partida.

Mengão - velocidade nas pontas

Ao segundo tempo, o jogo mudou da água para o vinho, principalmente para quem gosta de ver gol do Mengão, afinal, a grande parte dos gols foi feita nos 45 minutos finais. O Flamengo deitou e rolou no ataque, nas pontas do campo, com extrema velocidade. Os atacantes perderam muitos gols - na verdade o placar final era para ser mais elástico.

Grande parte dos analistas indica que a presença de Gabriel no lugar de Nixon, poupado por Wanderlei Luxemburgo, trouxe efeitos positivos ao jogo do Mengão, que se tornou um time veloz, quase imbatível nos ataques pelas pontas.

Publicidade

E agora, quem deve jogar na próxima, Gabriel ou Nixon? De qualquer maneira, a notícia é positiva, afinal o Mengão vai precisar de um grande plantel para conquistar títulos em 2015 - quanto mais jogador bom, melhor ao clube.

Do jeito que o Flamengo tem jogado em campo será difícil outro time carioca ser campeão estadual. A partida acabou em ritmo de treino, igual ao gol de Alecsandro que empurrou a bola para a rede com calma no último dos rubro-negros. O Mengão é líder do campeonato e a torcida fez a festa no majestoso Maracanã. #Futebol