Não parecia nem de longe o atual campeão da mais disputada competição do continente, mas no final, a camisa pesou. Sem jogar um grande #Futebol, Danubio e San Lorenzo deixaram a desejar na estreia no grupo 2 da Libertadores, que tem o Corinthians como líder, após a vitória no clássico diante do São Paulo. A chave é tida como a da "morte" nessa primeira fase do torneio, já que obrigatoriamente um antigo campeão da Taça será eliminado.

Após vacilo da zaga argentina, Castro abriu o placar para os uruguaios ainda no primeiro tempo, que evidenciou fragilidades nos atuais campeões, pouco criativos e de futebol burocrático, evidenciando que ainda não encontraram soluções para as saídas de Ignacio Piatti e Angel Correa - pilares da conquista de 2014.

Publicidade
Publicidade

Quando tudo se encaminhava para o fim de jogo no estádio Centenário, em Montevideo, o brasão de campeão da América estampado no peito dos argentinos resolveu falar por si só. Na base do abafa, o atacante Mattos, aos 40 minutos da segunda etapa e Cetto aos 43, viraram o placar e deram três pontos importantes para os argentinos, pressionando ainda mais o time de Muricy - que se vê obrigado a bater o Danubio no Morumbi, na semana que vem, para não se complicar ainda mais na tabela.

Muricy Ramalho, depois do jogo do Corinthians, admitiu que faltou um pouco mais de "pegada" aos jogadores e reconheceu a superioridade do adversário. Para a próxima rodada da competição, o treinador terá à disposição o atacante Alexandre Pato - vetado do clássico por força de contrato. 

Enquanto o Danubio vem ao Brasil desafiar o São Paulo na próxima quarta-feira, às 22h, o San Lorenzo recebe o Corinthians somente no dia 4 de março, no estádio Nuevo Gasômetro.

Publicidade

A boa notícia para o time de Tite é que o jogo será com portões fechados, já que o rival argentino foi punido pela Conmebol por objetos jogados em campo pela sua torcida, durante a final da Recopa Sulamericana contra o River Plate.

Outros resultados da Libertadores nesta quinta-feira (19)

Libertad (Par) 2x2 Atlético Nacional (Col)

San Jose (Bol) 2x0 River Plate (Arg)