O técnico do Atlético-MG, Levir Culpi, está precavido com relação a volta dos jogadores Lucas Pratto e Marcos Rocha, pois eles se contundiram em partida disputada contra o Democratas e não atuam nos jogos pelo clube desde o último dia 14 de fevereiro, há quase um mês.

No próximo domingo, 15, o Galo jogará no Estádio Independência contra a URT, em mais uma rodada pelo Campeonato Mineiro 2015. Os jogadores poderão voltar a jogar, mas Levir Culpi prega cautela: "Eles não estarão totalmente entrosados, mas a gente não pode esperar o mesmo entrosamento. Iniciamos o ano com Pratto e vínhamos de bons resultados. Vamos usar com certeza um cara de referência na frente, mas tem que ter cuidado com eles voltando", afirma o treinador atleticano.

O atacante argentino Lucas Pratto atuou nos primeiros jogos do clube e chegou a fazer gols, mas teve o azar de se machucar. Ele já se recuperou da contusão muscular e realizou treinamentos. O técnico o poupou dos jogos realizados contra o Cruzeiro e a Caldense, pois foram jogos pegados e ele poderia voltar a sofrer lesões. 

Pratto deverá retornar a campo e já é aguardado pela torcida alvinegra que o tem como líder e craque. Os jogadores Marcos Rocha e Pierre são esperados para a volta e estarão disponíveis para jogar. Com o retorno desses jogadores, o time ganhará em técnica, habilidade e movimentação na área central e ataque, o que dará mais mobilidade e movimentação ao time. 

Esse jogo de domingo promete e será uma preparação para os jogadores, pois o próximo duelo da Copa Libertadores da América será contra o Independente Santa Fé (COL) pela 3º rodada da fase de grupos e o Atlético precisa vencer para se manter vivo na competição.

Com certeza, Levir estará de olho na volta dos jogadores, pois eles são fundamentais para o time. Nos últimos jogos, o Galo não realizou boas partidas, mostrou um #Futebol ruim, o que não agradou aos torcedores. O que se espera com o retorno dos jogadores é um time melhor em técnica, criatividade e habilidade.  #Mídia