Atlético-MG e Caldense se enfrentaram nessa quinta-feira (12), no estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, em mais uma rodada do Campeonato Mineiro 2015. O Galo foi derrotado por 1x0. Após o jogo, o goleiro Victor desabafou: "Tivemos bastante dificuldade pelo gramado, mas não foi por isso que fomos derrotados. A equipe da Caldense quis mais, foi melhor. Até o empate não seria justo, não fomos merecedores", concluiu.


De fato, o Atlético-MG não convenceu e deixou a desejar, mostrando um #Futebol atípico e mau jogado. Os jogadores não se empenharam, não tiveram raça e determinação, o que levou a equipe a um resultado não satisfatório. O time precisava vencer para conseguir a vice-liderança do campeonato, mas o adversário jogou melhor e mostrou ter um bom ataque, obrigando o Galo a ficar na retranca.

Principais momentos do jogo

O Atlético-MG foi pressionado pelo time adversário durante quase todo o jogo. Aos 20 minutos, Zambi da Caldense realiza bela jogada e manda a bola no travessão. Aos 35 minutos, o Galo respondeu com uma boa jogada. Douglas Santos, em chute perigoso, acertou a rede pelo lado de fora. Aos 44 minutos, mesmo sofrendo pressão do adversário, o Atlético-MG consegue um pênalti, mas Dodô cobra mal e manda a bola por cima do goleiro.

No segundo tempo, o técnico do Atlético-MG, Levir Culpi, troca Dodô por Maicosuel e Cesinha por Danilo.

Publicidade
Publicidade

Porém, as substituições não surtiram efeito. O Galo continuou apresentando um futebol ruim. O castigo veio aos 33 minutos, em jogada de contra-ataque, a Caldense abre o placar. Cristiano entra na área e chuta forte, sem chances para Víctor. Nem mesmo os 5 minutos de acréscimos dado pelo árbitro foram suficientes para o galo reagir. Vitória da Caldense, 1x0. #Jogos

A Caldense mostrou maior habilidade técnica e conquistou merecidamente o triunfo. Após a derrota de ontem, o Atlético-MG se prepara agora para as próximas "batalhas" que terá pela frente, tanto pelo Campeonato Mineiro, quanto pela Libertadores, torneio em que o time precisa se recuperar para continuar sonhando com a classificação.