Brasil e França se vão enfrentar esta quinta-feira no Stade de France, em Paris. Apesar de ser um amistoso, todo o mundo espera um desafio de grande qualidade, até porque frente a frente estarão duas das seleções com mais tradição no #Futebol. Karim Benzema, atacante do Real Madrid, não é exceção. O jogador francês fez a antevisão da partida numa coletiva de imprensa em Paris e mostrou respeitar muito a #Seleção brasileira.

"Contra o Brasil não há favoritos. Após a Copa do Mundo, a equipe do Brasil levantou sua cabeça. Eles não sofrem mais muitos gols, agora concretizam muito e ganham. Vai ser um jogo difícil, porque vamos defrontar uma equipe com grandes nomes.

Publicidade
Publicidade

Um França-Brasil é sempre especial", começou por falar Benzema na coletiva de imprensa.

Brasil faz sonhar

"Todos nós temos muita vontade de jogar este jogo, porque o Brasil continua sendo uma equipe que faz sonhar todo o mundo. Mas é verdade que hoje, depois da Copa do Mundo, a equipe da França é mais respeitada, impõe mais respeito, porque conseguimos vencer grandes nações, como a Espanha ou Portugal. Os adversários estão nos vendo de outra forma. Do nosso lado estamos bem, jogamos bem e sabemos também sofrer para vencer. Isto é importante. Hoje em dia somos fortes e temos um grande grupo", continuou o internacional francês.

Na equipe do Brasil, há três adversários que Karim aprecia acima dos demais. "Os jogadores brasileiros que eu aprecio mais são Marcelo, Neymar e Thiago Silva.

Publicidade

Há outros, mas estes são para mim os mais talentosos", elegeu.

Neymar é especial

Neymar, em particular, vai merecer atenção especial: "É certo que Neymar pode fazer a diferença a qualquer momento. Nós vamos ter de defender bem e não podemos deixá-lo passar. No meu caso, eu vou ter de ser decisivo e de trabalhar bem para a equipe", terminou.

Na ausência de Lloris, goleiro do Tottenham, Benzema é apontado como previsível capitão da equipe. Uma honra que ele não rejeita. "Reconheço que sou um jogador com peso na equipe, uma vez que há já algum tempo que represento a seleção da França. Mas para a braçadeira, eu quero dizer que o capitão é Hugo Lloris, a quem desejo uma rápida recuperação. Quanto ao resto, é opção do treinador", comentou.

França e Real Madrid é igual

Benzema foi questionado na coletiva sobre as diferenças de jogar pelo Real Madrid e pelo Brasil. É tudo igual, disse: "O meu papel nas equipes de França e Real Madrid não é diferente, apenas os jogadores é que mudam. O nível é muito elevado em ambos os lados, e na equipe da França ele é muito, muito alto. Meu papel é simples: ajudar a equipe da França a chegar o mais alto possível. Depois, se eu também puder ajudar os jovens jogadores, falando um pouco com eles... mas o essencial se passa dentro de campo".

O França-Brasil se joga pelas 17h00 (hora de Brasília). Tem transmissão da TV Globo e do Sportv.