A Federação Internacional de #Futebol - FIFA, divulgou nessa quinta-feira (19) que a Copa do Mundo de 2022, que será realizada pelo Catar, acontecerá nos meses de novembro e dezembro, fato esse, inédito na história das copas do mundo de futebol. Desde a sua 1º edição, em 1930, todas as copas do mundo disputadas, aconteceram sempre nos meses de junho ou julho. A FIFA fará uma coletiva de imprensa na sexta-feira (20) para dar mais detalhes.

A data de início da Copa do Mundo será do dia 21 de novembro e a final acontecerá no dia 18 de dezembro, que no Catar é um dia de feriado, dia da unificação e da independência, ou Dia Nacional do Qatar, que é comemorado como uma espécie de carnaval, onde as pessoas saem às ruas com sprays de espuma e tintas.

Publicidade
Publicidade

Essa copa também tem outro fato inédito. A competição terá 28 dias, ao contrário, de por exemplo, a Copa do Mundo do Brasil, que foi disputada em 32 dias, a copa da África do Sul, teve 31 dias.

Os motivos para a realização da Copa do Mundo em uma data atípica é devido das altas temperaturas do Catar nos períodos de julho, que podem chegar a marca de 55º C.

O Catar planeja entregar megaestádios, o Lusail Iconic é um exemplo de estádio megalômano, que terá capacidade para 86.250 pessoas e receberá a abertura, quartas de finais, semifinal e a final.

Polêmicas

Uma das grandes polêmicas que ronda essa decisão, são as mudanças que diversos países terão que fazer em seus calendários futebolísticos locais, que muitos já ressaltam perda de receita devido essa decisão. Muitos críticos de futebol ressaltam que a disputa para sediar a copa foi desleal, pois o país mostrou o projeto do campeonato para os meses normais da copa do mundo, e só após vencer a disputa, ressaltaram a dificuldade de realizarem a disputa na data prevista.

Publicidade

Há também as desconfianças de corrupção na concorrência do Catar na Copa do Mundo, sem falar das acusações de más condições de trabalho e até de trabalho escravo, há dados que dizem que as mortes de trabalhadores dos estádios já ultrapassou o número de 1000 operários. #Entretenimento