No último sábado (14) teve início a décima rodada da Taça Guanabara 2015. Vitórias de Flamengo e Botafogo, derrota do Fluminense e goleada do líder Vasco foram os destaques.

No estádio do Bacaxa, o Boa Vista recebeu o Barra Mansa e venceu por 3x1.

Ainda no sábado, no estádio Los Larios, com lotação máxima de 4.488 pagantes, o Flamengo venceu o Tigres por 3x1. Alecsandro aos 23 fez o primeiro gol RubroNegro. O Tigres empatou o jogo com gol de um ex-jogador do Flamengo, Fabiano Oliveira. Nas costas de Pará, ele subiu e marcou de cabeça. Depois entrou em cena o artilheiro da Taça Guanabara - Marcelo Cirino, que marcou aos 19 e aos 34, definindo a partida em 3x1 para o Flamengo.

Publicidade
Publicidade

No domingo (15), o Friburguense recebeu o Bangu e empatou por 1x1. O Bonsucesso perdeu em casa por 1x0 para o Volta Redonda. Já o Madureira foi até Cabofrio e goleou a Cobofriense por 3x0.

Em tarde de festa no São Januário, o Vasco aplicou sonoro 5x1 no Nova Iguaçu e lidera absoluto a competição. Destaque para a boa estréia de Dagoberto, que, inclusive, marcou o terceiro gol vascaíno. Gilberto, Luan, Serginho e Cleyton contra marcaram os outros gols do Vasco. Marlon fez o gol de honra do Nova Iguaçu.

Em jogo sofrível, o Fluminense perdeu fora de casa para o Macaé pelo placar de 1x0. Numa partida de baixa qualidade técnica, o gol do jogo só poderia nascer mesmo de bola parada. Juninho, com bela cobrança de falta, salvou o jogo do 0x0.

No Engenhão, o Botafogo recebeu o Resende e mesmo sem jogar bem venceu por 3x0, com gols de Tássio, Jobson e Pimpão.

Publicidade

O Glorioso é vice-líder da Taça Guanabara 2015. Apenas 4.222 pagantes foram ao estádio.

O baixo público nos jogos desta edição da Taça Guanabara vem rendendo muito prejuízo aos clubes. Apenas a FERJ, que recolhe taxas abusivas das bilheterias, tem se vangloriado que a média de público deste ano tem sido melhor que a do ano passado. O jogo de maior público foi entre Flamengo e Botafogo, a FERJ ficou com praticamente o mesmo lucro dos protagonistas do jogo. É fato que o estadual, que já foi chamado de "Mais Charmoso ", não é rentável para as equipes. #Futebol