O técnico Oswaldo de Oliveira está feliz da vida com o grupo de jogadores que possui a disposição. No último sábado, o treinador precisou jogar com a equipe reserva, mas o desempenho não caiu e o Palmeiras conseguiu mais uma vitória no Campeonato Paulista.

A escolha do treinador em levar à campo um time com atletas que não vinham atuando se deve a grande sequência de jogos que estão acontecendo. Na última semana, o Palmeiras foi à Bahia jogar pela Copa do Brasil e três dias depois já teve que entrar em campo novamente. Um atraso na viagem de volta para São Paulo complicou a recuperação dos atletas e fez com que a comissão técnica optasse pelo revezamento.

Publicidade
Publicidade

Outro ponto que pode ter ajudado na decisão da comissão técnica foi a proximidade do clássico diante do Santos, que será disputado na próxima quarta-feira, na casa do adversário. A disputa é considerada fundamental para o Palmeiras, afinal, está faltando uma grande vitória, diante de um grande adversário, para embalar de vez e dar moral aos jogadores. Nada melhor que um clássico para que isso aconteça.

Na partida diante do Bragantino, o alviverde não teve uma atuação exuberante, mas conseguiu fazer valer a sua força jogando dentro de casa, com o apoio do seu torcedor. O gol da partida foi marcado por Rafael Marques, que finalizou com muita tranquilidade e categoria, após boa troca de passes do setor ofensivo.

O Palmeiras oscilou bastante no restante da partida, poderia ter se complicado em algumas bobeadas de sua defesa, mas também teve boas chances de ampliar o placar, desperdiçando todas elas.

Publicidade

Foi um desempenho razoável, mas que, de certa forma, era esperado para um time que entrou em campo pouco entrosado.

A partida ficou marcada também pela estreia do garoto Gabriel Jesus, considerado uma das grandes revelações das categorias da base do Palmeiras. O atacante ficou cerca de vinte minutos no gramado, o suficiente para causar grande euforia na torcida. Ele demonstrou ter qualidade técnica acima da média, mas ainda precisa evoluir bastante e ganhar experiência como profissional. O técnico Oswaldo Oliveira está bastante tranquilo e diz que Gabriel deverá ter novas oportunidades, aos poucos. #Futebol