Quarta e quinta (25 e 26 de fevereiro) foi disputada mais uma rodada da Libertadores 2015, destaque para a goleada do São Paulo, o empate do Cruzeiro e a derrota do Atlético-MG. 


No Morumbi, com público razoável, o São Paulo apresentou um bom #Futebol contra a fraca equipe do Danubio-URU, Logo aos três minutos de jogo após boa jogada de Reinaldo na lateral esquerda, Alexandre Pato acertou um belo sem pulo e abriu o placar, no fim do primeiro tempo após cruzamento de Bruno, Pato fez o segundo. No segundo tempo Reinaldo fez o terceiro e Cafu fez o quarto gol finalizando em 4x0. 

O Atlético-MG recebeu o Atlas do México no Horto, e o resultado não foi o que sua torcida, que veio em bom número, esperava.

Publicidade
Publicidade

Jogando com vários reservas a equipe de Levir Culpi mostrou que não tem um elenco qualificado, a saída de Diego Tardeli por exemplo deixou uma lacuna no ataque que será difícil de ser preenchida, No fim da partida, (fraca tecnicamente) Suarez fez o gol em contra ataque da equipe mexicana, a derrota deixa a situação do Atlético complicada, No mesmo grupo 1 o Santa Fé da Colômbia recebeu os chilenos do Colo-Colo, vitória do Santa Fé por 3x1, os colombianos com 100% lideram a chave e o Atlético segura a lanterna sem pontuar.

Na altitude de 2.800 metros o Cruzeiro enfrentou em Sucre na Bolívia o Universitário, e pelas circunstâncias da partida o resultado foi bom para a equipe Celeste, Apesar de dominar boa parte do jogo no fim faltou pernas para o Cruzeiro voltar com os três pontos, mas com ótimas possibilidades de se classificar com antecipação em seu grupo. 


O grupo 5 viveu sua segunda rodada, o Boca Jrs jogando em La Bombonera venceu o Montevidéo Wonderes por 2x1, e segue 100%, os Chilenos do Palestino venceram o Zamora-VEN fora de casa por 1x0 e somaram seus primeiros três pontos, e se igualam ao Wonderes e o Zamora segue sem nenhum ponto. 


Pelo grupo 7, o Estudiantes de La Plata estreou contra o Barcelona de Guayaquil e mostraram sua força em busca de seu quinto título da Libertadores e lideram sua chave com a vitória por 3x0. 


Finalizando o Internacional se recuperou da derrota na estréia e venceu por 3x1 a Universidade do Chile, a vitória começou após D`Alessandro converter pênalti no minimo duvidoso, Jorge Henrique fez o segundo, Canales depois da defesa do Internacional dar muito espaço diminuiu mas Sasha fez o terceiro para alivio da torcida Colorada.