A França perdeu três atletas de sua elite olímpica na terrível tragédia ocorrida nesta terça-feira, 10, na zona turística de La Rioja (Argentina). Dez pessoas, dentre elas oito franceses, morreram no choque de helicópteros. O acidente ocorreu durante as filmagens do novo reality show do canal francês TF1, chamado "Dropped", "Caídos" em tradução livre. A proposta do show era colocar 8 atletas sozinhos na selva, após sobrevoarem a região, seriam deixados a sós em ambiente hostil para passarem por provas de sobrevivência.

A nadadora Camille Muffat, 25 anos, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, o boxeador Alexis Vastine, 28 anos, dono de um bronze olímpico, e a pioneira da vela Florence Arthaud, 57 anos, perderam suas vidas tragicamente no acidente.

A tragédia gerou grande comoção nas redes sociais por parte de fãs, familiares e personalidades do esporte de todo o mundo, que homenageiam e manifestam seu pesar.

"Estamos chocados com esta triste notícia. Nossos pensamentos estão com as famílias e amigos desses grandes atletas que nos deixaram", declarou o presidente do Comite Olímpico Internacional - COI - Thomas Bach. "O mundo do esporte e a família olímpica perderam três de seus membros-chave", completou.

Na França o ex-jogador de futebol Sylvain Wiltord, que fez parte do elenco do show, foi um dos primeiros a expressar seu horror e pesar através da sua conta no twitter: "Estou triste por meus amigos, eu tremo, estou horrorizado, não tenho palavras, quero dizer nada", afirmou Wiltord.

A França enviou peritos do Escritório de Investigação de Análise (BEA), organização oficial francesa que investiga acidentes aéreos, a fim de se unirem às equipes da instituição argentina homóloga e a junta de investigação de Acidentes da Aviação Civil (JIAAC), com o intuito de definir as causas do choque entre os dois helicópteros.

Outras cinco personalidades do esporte francês, que participavam das gravações do programa, não estavam presentes no local do acidente e se encontram bem.