#Futebol e atletismo alegraram o Brasil na quinta-feira (26) com triunfos expressivos na França e em Doha, no Catar.

Futebol: vitória maiúscula sobre a França

Mantendo sua invencibilidade desde que Dunga assumiu o comando técnico, o Brasil venceu a França jogando nesta quinta-feira (26) em Paris no Stade de France. A Seleção Brasileira começou em desvantagem saindo atrás com um gol de cabeça por Varane. Mas a seleção estava inspirada e Oscar, Neymar e Luiz Gustavo marcaram e consolidaram uma sólida vitória da equipe de Dunga, sobre os franceses.

Com este novo triunfo, Dunga chegou a sua 7ª vitória em 7 jogos nesta fase em que retornou ao cargo de treinador.

Publicidade
Publicidade

As 2 seleções enfrentaram várias dificuldades para desenvolverem suas jogadas e deram pouco trabalho aos goleiros, numa etapa inicial de muito equilíbrio. A França dedicava-se a obter oportunidades de bola parada. Já o Brasil sustentava um jogo na base da velocidade técnica de Neymar.

No segundo tempo a seleção retornou apresentando mais organização e passou a não ter problemas com as bolas paradas dos franceses.

Tendo maior movimentação na frente, a seleção concrertizou sua superioridade.

No domingo (29), o Brasil jogará em Londres contra o Chile no Emirates Stadium, às 12h (de Brasília).

Brasileiros conquistam ouro e prata na etapa de Doha

Consolidando a qunta-feira como um dia altamente positivo para o esporte nacional, o Brasil brilhou na etapa de Doha da Copa do Mundo de Ginástica Artística, no Catar.

Publicidade

Era 1º dia das finais e o Brasil obteve duas medalhas. Arthur Zanetti confirmou seu favoritismo nas argolas e ficou com o ouro.

O primeiro a entrar em ação nesta quinta-feira (26) foi Diego Hypólito entrou em ação inicialmente, com uma performance excelente, obtendo a nota de 15.425. Diego ficou em segundo com prata, sendo superado apenas pelo americano Jacob Dalton, campeão com 15.475. O japonês Shotaro Shirai ficou com bronze, alcançando a nota 15.025.

Nas argolas, Arthur Zanetti superou superou seus rivais com sobras. Após tirar 15.625 na eliminatória, ele alcançou a nota 15.725 na final, superando todos os demais concorrentes.