Após o momento de fúria do lateral-esquerdo Fabrício, e o anúncio da dispensa do atleta feito pela diretoria do Internacional, o jogador vai respirar novos áreas em Belo Horizonte. Fabrício acertou por empréstimo com o Cruzeiro e deve chegar a Minas Gerais para realizar exames médicos e assinar o contrato nesta quarta-feira (8).

Não foi divulgada nenhuma informação do acordo entre os clubes e jogador. Só o que se sabe é que o atleta não terá seu contrato rompido com o clube gaúcho. O presidente do Inter, Vitorio Piffero, disse que o jogador é um patrimônio da instituição e se tomasse alguma medida mais drástica significaria que estaria "rasgando dinheiro".

Publicidade
Publicidade

Fabrício jogava no Internacional desde2011. O lateral veio por empréstimo da Portuguesa, clube em que atuou e foi destaque em parte da campanha da Série B daquele ano. Ao final do contrato, as boas atuações do jovem jogador convenceram a diretoria e o colorado adquiriu 50% do passe do atleta.

Ele atuou por 183 jogos com a camisa vermelha e marcou 16 gols. Agora, vestindo o azul celeste, Fabrício irá lutar por posição no elenco campeão brasileiro com mais quatro atletas (Pará, Gilson, Mena e Breno Lopes). O Cruzeiro venceu a disputa contra outros cinco grandes clubes brasileiros, pelo menos foi o que disse o presidente do Inter ao afirmar que seis equipes nacionais o sondaram a respeito do futuro do jogador.

Fúria

Fabrício é reconhecidamente um atleta nervoso. Por algumas vezes, já foi expulso e quis brigar com adversários, chegando até a chorar em campo após um cartão vermelho.

Publicidade

Porém, o ponto final na trajetória do atleta com a camisa do Inter se deu no jogo contra o Ypiranga, no Beira-Rio, na semana passada.

O lateral vinha sendo constantemente vaiado, e num momento de fúria esqueceu a bola e se virou contra a torcida gesticulando e gritando palavras de baixo calão. Os torcedores responderam à altura a revolta do atleta e a confusão estava formada. O árbitro da partida expulsou o jogador, que na sequência arrancou a camisa do clube e a jogou no chão, causando indignação nos torcedores. O atleta teve que ser escoltado por companheiros para fora do gramado, e ao caminhar em direção ao vestiário continuou a discussão e os xingamentos aos torcedores. #Futebol