Volta e meia o jogador argentino Carlitos Tévez se vê envolvido em especulações, principalmente em relação a dois times que ele diz amar. Esses times são: o Boca Juniors, que é, e sempre será seu time de coração; o outro é o Corinthians, clube que ele aprendeu a amar quando jogou entre 2005 e 2006. E essas especulações sempre ficam mais fortes quando se aproxima a abertura da janela de transferências internacionais.

O argentino é o principal jogador da Juventus na atual temporada, e o clube não tem o menor interesse em perdê-lo. E Adrian Ruocco, seu empresário, nega as recentes especulações da imprensa, que anunciaram a volta do atacante para os 'Xeneizes' no final da atual temporada, e afirmou que ele cumprirá seu contrato com o clube italiano até o final, com prazo de encerramento em junho de 2016.

Publicidade
Publicidade

"Todo mundo sabe que Tévez vai terminar a carreira no Boca Juniors. Não tenho dúvidas disso. Ele está a construir uma casa na Argentina, ele quer investir no seu país, e quer estar perto dos amigos e família", disse Adrian, em entrevista à rádio 'La Red'. Essa afirmação, aliada ao relato de Tévez que não estenderia seu vínculo com a Juventus, deixa um mistério no ar sobre quando será seu retorno para o time argentino.

Tévez chegou à Juventus em 2013, e antes disso, passou por alguns clubes. Segue a relação de times que ele defendeu: Manchester City, da Inglaterra, onde jogou de 2009 a 2013, obtendo sucesso nos 'citizens', virou ídolo e balançou as redes 73 vezes em 138 jogos com a camisa do clube inglês; Manchester United, também da Inglaterra, onde jogou de 2007 a 2009, onde teve certo destaque, pois marcou 34 gols em 99 jogos, mas sua saída do clube foi conturbada, da forma que aconteceu e por ter se transferido para um rival.

Publicidade

Já na passagem pelo West Ham, outro clube inglês, jogou de 2006 a 2007, e em 29 partidas fez 7 gols; No Corinthians, clube que se tornou sua segunda paixão, atrás apenas pelo amor que sente pelos 'Xeneizes', fez 76 jogos e marcou 46 gols; Já no Boca Juniors, o time de seu coração, e que pretende se aposentar, participou de 110 jogos e marcou 38 gols. #Entretenimento #Futebol