O caso do jogador do Atlético Mineiro, Giovanni Augusto, é mesmo uma "novela". Ele não deseja aumentar o seu vínculo com o time. O jogador entrou com uma ação na #Justiça desportiva contra o 'galo', visando reincidir o seu contrato, devido o não cumprimento de acordos por parte do clube. Conforme o Atlético-MG, o atleta deverá permanecer até dezembro de 2015, mas o advogado do jogador questiona esse item, pois, Giovanni não concorda com a extensão desse prazo.

O Atlético está tentando uma negociação com o Santos pelo jogador Thiago Ribeiro, mas o peixe pode querer que Giovanni entre como "moeda" de troca. De acordo com o advogado do jogador, Fábio Cruz, poderá ser inviável que esse fato aconteça, pois, é preciso que se encerre o processo, o que dificilmente poderá acontecer por agora.

Entenda o caso

Se o jogador retirar o processo que corre na justiça e for para o Santos, o seu tempo com o 'galo' poderá aumentar e isso ele não deseja. Giovanni está no clube há cinco anos e nunca teve oportunidade em campo. O jogador ficou insatisfeito e não quer mais permanecer com a camisa alvinegra.

Há uma audiência marcada para o dia 16/04, mas se o clube oferecer um acordo e se houver uma negociação, ele poderá retirar o processo e aceitar uma forma de rescisão mais amigável, caso o beneficie. Mas tudo é uma questão de entendimento e diálogo, e essa falta de comunicação foi o que gerou toda essa novela, pois, o jogador se sentiu excluído do time.

Caso surja outra proposta de algum clube, o atleta está aberto a aceitar. Agora é esperar o desfecho dessa história e torcer para que ambas as partes saiam beneficiadas. Os jogadores querem ter a oportunidade de jogar e mostrar o que de melhor sabem fazer. E tudo envolve desde a vontade do jogador, o entrosamento, até a confiança que o técnico deposita no mesmo e, assim, o escala para um jogo.

Cabe aos atletas se esforçarem nos treinos, mostrar disposição e, com o desempenho, conseguir ganhar o merecido lugar no time. Tudo é uma questão de força de vontade.  #Futebol