O clássico entre os times cariocas #Flamengo e Fluminense, o Fla-Flu, já dura mais de 103 anos. A rivalidade conhecida em todo o país, foi deixada de lado neste domingo (05), na partida disputada no Maracanã. Os jogadores simularam mordaças com a mão durante a execução do hino nacional. O protesto foi feito em apoio ao técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, que foi punido pelo STJD-RJ, após fazer críticas a federação de futebol do estado.

Na última entrevista coletiva antes do clássico, na sexta-feira (03), o técnico já havia colocado um esparadrapo na boca, em sinal de repúdio a sua condenação. O técnico pegou dois jogos de suspensão, após criticar a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

Publicidade
Publicidade

A crítica foi feita, devido a limitação do uso de jogadores juniores no campeonato. O clima entre Luxa e a Ferj, já não estava bom desde a polêmica com o preço dos ingressos, logo no início do campeonato.

Na partida deste domingo, além do protesto durante a execução do hino nacional, os jogadores entraram em campo com faixas pretas nos uniformes. Os jogadores também teriam combinado trocar passes durante os primeiros dois minutos de jogo, porém, acabaram revogando a decisão, depois que rumores de que o presidente da Ferj, Rubens Lopes, teria aconselhado o árbitro, Wagner do Nascimento Magalhães, a distribuir um cartão amarelo para cada jogador em campo, caso ocorresse algo durante o início de jogo.

O Clássico

A partida, que teve 46.080 espectadores, foi vencida pelo Flamengo.

Publicidade

O placar final foi de 3 a zero, à favor do rubro-negro. A vitória garantiu a liderança do campeonato. O primeiro gol saiu aos 17 minutos, feito pelo volante Jonas. Ainda no primeiro tempo, o atacante Alecsandro teve um gol anulado, de forma correta, por impedimento. Aos 28 minutos, o centro avante do Fluminense, Fred, foi expulso por simulação, em uma atitude excessiva do árbitro.

Ao sair de campo o jogador fez duras críticas ao campeonato. Aos 10 minutos do segundo tempo, Alecsandro, recebeu pela direita e dentro da área chutou no canto esquerdo do gol. Para fechar o placar, aos 44 minutos, Matheus Sávio, fez o terceiro do clássico. Antes disso, aos 40 minutos, Alecsandro teve outro gol anulado.